Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/9135
Type: Artigo de periódico
Title: Percepção de fala no ruído em músicos
Title Alternative: Hearing perception of musicians in noisy conditions
Author: Quental, Sávia Leticia Menuzzo
Colella-Santos, Maria Francisca
Couto, Christiane Marques do
Abstract: PurposeTo determine whether musical practice improves speech comprehension in noisy conditions. MethodA total 43 female and male subjects aged between 18 and 33 years were distributed into three groups: the Musicians Group, comprising 15 subjects with formal music education; the Intermediate Group, comprising 13 subjects with informal music education; and the Non-musicians Group, comprising 15 subjects without musical experience. The participants had normal hearing thresholds and external and middle ear condition. The Hearing in Noise Test, Brazilian Version, was administered, and the results were analyzed by ANOVA and Chi-Square methods. ResultThe three groups were normal based on the test standards. There was no statistical difference between the groups overall. In the gender comparison, the only the female participants in the Musician and Intermediate groups differed, and the Intermediate Group performed better. ConclusionPrevious musical experience did not influence speech in noise perception.
ObjetivoVerificar se o estudo de música pode aprimorar a habilidade de compreensão de fala em presença de ruído. MétodoParticiparam deste estudo 43 sujeitos de ambos os gêneros, com idade entre 18 e 33 anos, distribuídos em três grupos: o Grupo de Músicos, composto por 15 sujeitos com estudo formal de música; o Grupo de Intermediários, composto por 13 sujeitos com estudo informal de música e o Grupo de Não Músicos, composto por 15 sujeitos sem experiência musical. Todos os sujeitos encontravam-se dentro dos padrões de normalidade para limiares auditivos e condições de orelhas externa e média. Aplicou-se o teste de compreensão de fala no ruído, Hearing in Noise Test, na versão Português do Brasil. Os resultados foram analisados estatisticamente, pelos métodos ANOVA e Qui-quadrado. ResultadoTodos os grupos encontraram-se dentro dos valores de normatização do teste. Não houve diferença significativa na análise dos grupos entre si. Na comparação dos resultados, de acordo com o gênero dos participantes, a única diferença observada foi entre os integrantes do gênero feminino dos grupos de Músicos e Intermediários, com melhor desempenho do grupo de Intermediários. ConclusãoA experiência musical não influencia no desempenho, em relação à percepção de fala no ruído.
Subject: Audição
Música
Percepção da fala
Razão sinal-ruído
Testes auditivos
Hearing
Music
Speech perception
Signal-to-noise ratio
Hearing tests
Editor: Academia Brasileira de Audiologia
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S2317-64312014000200006
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S2317-64312014000200006
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2317-64312014000200130
Date Issue: 1-Apr-2014
Appears in Collections:Unicamp - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S2317-64312014000200130.pdf159.53 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.