Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/9130
Type: Artigo de periódico
Title: Viability of Inga vera Willd. subsp. affinis (DC.) T. D. Penn. embryos according to the maturation stage, fungal incidence, chemical treatment and storage
Title Alternative: Viabilidade de embriões de Inga vera Willd. subsp. affinis (DC.) T. D. Penn. em função do estádio de maturação, da incidência de fungos, do tratamento químico e do armazenamento
Author: Parisi, João José Dias
Biagi, João Domingos
Barbedo, Cláudio José
Medina, Priscila Fratin
Abstract: The main strategies for conserving Inga vera seeds during storage consist of their partial dehydration and low temperatures. However, such storage conditions can lead to further deterioration of the seed, either from its own metabolism or the development of microorganisms favored by moisture. In this study, the relationship between fungi and the conservation of I. vera embryos with different levels of hydration and maturity was studied, together with the efficiency of treating with carboxin + thiram (300 mL / 100 kg of embryos) for fungus control. Embryos were collected at two stages (immature and mature) and subjected to two drying levels. A sample of embryos from each stage and drying level was treated with carboxin + thiram. Embryos were then stored at 7 or 25 °C for up to 65 days. It was found that undried, mature embryos have a higher physiological quality than the immature ones after storage at 7 °C for 65 days. The carboxin + thiram treatment is phytotoxic for dried embryos. Field fungi develop according to the degree of embryo deterioration, differing from the classic pattern defined for orthodox seeds.
As principais estratégias para a conservação de sementes de Inga vera durante o armazenamento consistem na desidratação parcial e no uso de baixas temperaturas. Contudo, tais condições ainda podem conduzir à deterioração, tanto pela atividade do seu próprio metabolismo, como pelo desenvolvimento de micro-organismos favorecidos pela umidade. Neste trabalho objetivou-se analisar o grau de interferência dos fungos na conservação de embriões de I. vera com diferentes níveis de hidratação e de maturidade, bem como a eficiência do carboxin + thiram (300 mL/ 100 kg de embriões) no controle desses fungos. Para tanto, embriões foram colhidos em duas fases (imaturos e maduros) e submetidos a dois níveis de secagem. De cada fase e nível de secagem, uma amostra foi tratada com carboxin + thiram. Embriões de todos os tratamentos foram armazenados sob 7 e 25 ºC por até 65 dias. Constatou-se que embriões maduros, sem secagem e armazenados a 7 ºC por 65 dias apresentaram maior potencial fisiológico em relação aos imaturos. O tratamento com carboxin + thiram causa fitotoxicidade nos embriões submetidos à secagem. Foi constatada a presença de fungos considerados como de campo durante o armazenamento, simultaneamente à deterioração dos embriões, diferindo do padrão clássico definido com base em sementes ortodoxas.
Subject: patógeno
tratamento de sementes
sementes recalcitrantes
armazenamento
pathogen
seeds treatment
recalcitrant seeds
storage
Editor: ABRATES - Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S2317-15372013000100010
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S2317-15372013000100010
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2317-15372013000100010
Date Issue: 1-Jan-2013
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S2317-15372013000100010.pdf715.79 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.