Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/9102
Type: Artigo de periódico
Title: Floristic variations in a woody plant community along a trail in a Semideciduous Seasonal Forest, Viçosa, Minas Gerais State, Brazil
Title Alternative: Variações na composição florística em uma comunidade de plantas lenhosas adjacente a uma trilha de Floresta Estacional Semidecidual, Viçosa, Minas Gerais, Brasil
Author: Eisenlohr, Pedro Vasconcellos
Melo, Maria Margarida da Rocha Fiuza de
Silva, Mariana Rodrigues da
Schmal, Philippe
Ferreira-Júnior, Walnir Gomes
Dias, Arildo de Souza
Silva, Alexandre Francisco da
Abstract: The opening and use of a trail can modify abiotic factors along its route and in the closer surroundings. These changes can be verified by floristic changes of vegetation. This study evaluated a possible influence of a trail on the woody vegetation (DBH ³ 2.5 cm, except lianas) in a Semideciduous Seasonal Forest in Viçosa, Minas Gerais State, Brazil (20º45'S and 42º51'W). Ten plots were sampled in an area near a trail and 10 other plots in the forest interior, totaling 718 individuals. Cluster (WPGMA) and ordination (DCA) analysis suggest that it may be a certain degree of influence of the trail on vegetation, although some results were intriguing. Further studies may be added to this in order to establish, in the future, environmental policies that take this source of interference with native ecosystems into account.
A abertura e utilização de trilhas podem modificar fatores abióticos em seu local de ocorrência e proximidades. Essas mudanças podem ser verificadas por meio das alterações florísticas da vegetação. Este estudo avalia possíveis influências de uma trilha sobre a vegetação lenhosa (DAP ³ 2,5 cm, exceto lianas) em uma Floresta Estacional Semidecidual de Viçosa, Minas Gerais, Brasil (20º45'S e 42º51'W). Foram amostradas 10 parcelas em área próxima à trilha e outras 10 no interior do fragmento, totalizando 718 plantas. As análises de agrupamento (WPGMA) e ordenação (DCA) sugerem que pode haver influência da trilha sobre a vegetação, embora alguns resultados sejam intrigantes. Novos estudos poderão se somar a este no intuito de futuramente se estabelecer políticas ambientais que considerem essa fonte de perturbação sobre os ecossistemas nativos.
Subject: efeito de borda
Floresta Semidecidual Atlântica
vegetação brasileira
Brazilian vegetation
edge effect
Semideciduous Atlantic Forest
Editor: Instituto de Botânica
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S2236-89062011000100006
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S2236-89062011000100006
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2236-89062011000100006
Date Issue: 1-Mar-2011
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S2236-89062011000100006.pdf599.43 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.