Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/85057
Type: Patente
Title: Processo De Obtenção De Dextrana Clìnica Oligossacarìdeos E Frutose A Partir Da Sacarose
Author: Maugeri Francisco Jr
Burkert Carlos Andre Veiga
Treichel Helen
Rodrigues Maria Isabel
Hernalsteens Saartje
Abstract: PROCESSO DE OBTENÇÃO DE DEXTRANA CLÍNICA, OLIGOSSACARÍDEOS E FRUTOSE A PARTIR DA SACAROSE. A presente invenção se refere a um processo de obtenção de dextrana clínica, frutose e oligossacaríeos a partir de sacarose, utilizando a enzima dextrana-sacarose de Leuconostoc mesenteroides NRRL B512 F. Os produtos citados são obtidos através de síntese enzimática, hidrólise química, fracionamento e separação de oligossacarídeos e frutose, através de colunas de adsorção, com leito de zeólita bárica, e de permeação em gel. A dextrana clínica tem diversas aplicações principalmente na indústria farmacêutica (sendo utilizada como expansor volumétrico de sangue e auxiliador da circulação sanguínea entre outros), os oligossacarídeos são muito aplicados em alimentos, como fibras solúveis e alimentos pré-biótícos, ou seja, compostos que estimulam a flora benéfica, microrganismos ditos pró-bióticos, dos intestinos de humanos e animais em geral. Também são utilizados em cosméticos, sendo cada vez maior o número de aplicações possíveis. A frutose é um produto secundário gerado durante a síntese, em que a sacarose é quebrada para a formação da dextrana, gerando a frutose livre. Devido á sua importância econômica a flutose é recuperada neste processo, obtendo-se, portanto, um aproveitamento completo do açúcar utilizado.
Rights: aberto
Date Issue: 1-Nov-2005
Appears in Collections:Patentes

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
pat_BRPI0400893.pdf747.75 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.