Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/844
Type: Artigo de periódico
Title: Relações entre padrão do sono, saúde percebida e variáveis socioeconômicas em uma amostra de idosos residentes na comunidade: Estudo PENSA
Title Alternative: Relations between sleep patterns, perceived health and socioeconomic variables in a sample of community resident elders: PENSA Study
Author: OLIVEIRA, Beatriz Helena Domingos
YASSUDA, Mônica Sanches
CUPERTINO, Ana Paula Fabrino Bretas
NERI, Anita Liberalesso
Abstract: O padrão de sono se destaca por estar entre as mais frequentes queixas dos idosos. Mudanças na velhice podem ser observadas em diversos níveis da arquitetura e qualidade do sono. Assim, o objetivo do presente estudo foi observar a relação entre alterações do sono associadas à idade, sintomas de insônia, sintomas de apnéia e sintomas de parassonia com variáveis socioeconômicas e saúde autopercebida. O padrão de sono foi avaliado pelo Mini-Sleep Questionary. Os resultados apontaram que as mulheres e o grupo com menor escolaridade apresentaram maior frequência de sintomas de insônia, os idosos-idosos e o grupo com melhor percepção da saúde apresentaram menor frequência de sintomas apnéicos, e melhor percepção da saúde geral associou-se a melhor padrão de sono. Conclui-se que o padrão do sono é influenciado por características socioeconômicas como idade, gênero, escolaridade e saúde geral percebida.
Changes in sleep pattern constitute a common complaint among elders. Age-related changes can be observed in different levels of the architecture and quality of sleep. The objective of the present study was to observe the relation between age-related sleep changes, insomnia symptoms, apnea symptoms, parasomnia symptoms with socio-economic variables and perceived health status. Sleep pattern was evaluated using the Mini-Sleep Questionnaire. Results indicated that women and individuals with lower education reported higher frequency of insomnia symptoms, the elder-elder group. On the other hand, individuals with higher perceived health status presented lower frequency of apnea symptoms, and higher perceived health status was associated to better sleep pattern overall. It can be concluded that sleep pattern is associated to socio-economic variables such as age, gender, education and perceived health.
Subject: Sono
Envelhecimento
Transtornos do sono
Insônia
Apnéia e saúde percebida
Sleep
Aging
Sleep disturbances
Insomnia
Apnea and perceived health
Country: Brasil
Editor: Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva
Citation: Ciência & Saúde Coletiva, v.15, n.3, p.851-860, 2010
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1413-81232010000300028
Address: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000300028
http://www.scielo.br/pdf/csc/v15n3/v15n3a28.pdf
Date Issue: 2010
Appears in Collections:FCM - Artigos e Materiais de Revistas Científicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
art_YASSUDA_Relacoes_entre_padrao_do_sono_saude_percebida_2010.pdfpublished version53.4 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.