Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/82514
Type: Artigo de periódico
Title: Valoração econômica do efeito da erosão em sistemas de manejo do solo empregando o método custo de reposição
Title Alternative: Economical valuation of the erosion effect in soil managemnet systems employing the replacement cost method
Author: Pugliesi, Adriane Cristine Vasconcelos
Marinho, Mara de Andrade
Marques, João Fernando
Lucarelli, José Ricardo Freitas
Abstract: The accelerate soil erosion constitutes an important process of agricultural land quality degradation. Often, only the physical soil losses are assessed, neglecting the economical effects of those losses, which could be estimated by applying methods of economical valuation. This work intended to apply the Replacement Cost method to evaluate economically the nutrient losses by erosion from a Rhodic Hapludox. Data concerning soil and nutrient losses were analyzed from two experiments performed in Campinas (SP. In Experiment I (1990-1996), eight treatments were tested, one for each experimental parcel, and the repetitions were the years. In Experiment II (2003-2005), two treatments were tested with four replications, for two growing seasons. In Experiment I, significant differences between treatments occurred in relation to soil and nutrient losses. The no-tillage was the best treatment to control the soil erosion losses, whereas the plowing downhill was the worst treatment. Apparently, the soil erosion losses didn't affect the corn yields, because differences between treatments were not statistically significant. Also, no significant differences were found between treatments in relation to the costs of nutrient replacement. The differences between treatments of Experiment II were not significant for any analyzed attribute, maybe due to a residual effect from treatments of Experiment I (previous). The Replacement Cost method can be applied as an indicator on the evaluation of the sustainability of soil management systems. However, in long-term experiments, the annual variation of prices of fertilizers and labor could mask the effects of the treatment themselves.
A erosão acelerada constitui importante processo de degradação da qualidade das terras agrícolas. Comumente, a perda física de solo é computada, negligenciando-se os efeitos econômicos dessas perdas, que podem ser estimados empregando-se métodos de valoração econômica. Este trabalho teve por objetivo aplicar o método Custo de Reposição, para valoração econômica das perdas de nutrientes por erosão de um Latossolo Vermelho Distroférrico típico. Foram analisados dados de perda de solo e de nutrientes provenientes de dois ensaios realizados no município de Campinas (SP). No Ensaio I (1990-1996) foram testados oito tratamentos, um por parcela, e as repetições ocorreram no tempo. No Ensaio II (2003-2005), foram testados dois tratamentos, com quatro replicações, sendo analisadas duas safras. Para o Ensaio I ocorreram diferenças significativas entre tratamentos para perdas de solos e de nutrientes. O tratamento plantio direto foi o que melhor preveniu as perdas por erosão, enquanto que aração morro abaixo foi o que mais intensificou esse processo. A intensidade de erosão não teve influência sobre as produtividades de milho, que não se diferenciaram entre tratamentos, assim como também os custos de reposição de nutrientes. Para o Ensaio II, não foram caracterizadas diferenças significativas entre tratamentos para nenhum atributo analisado, podendo ter ocorrido efeito residual do Ensaio I (anterior). O método Custo de Reposição pode ser aplicado como um indicador na avaliação da sustentabilidade de sistemas de manejo do solo. Mas, em ensaios de longa duração, a variação anual dos preços de fertilizantes e de mão-de-obra pode mascarar os efeitos devidos aos tratamentos em si.
Subject: Relação erosão-produtividade
Sistema plantio direto
Perda de solo
Perda de nutrientes por erosão
Erosion-Productivity Relationship
No-tillage system
Soil loss
Nutrients losses by erosion
Editor: Instituto Agronômico de Campinas
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0006-87052011000100017
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87052011000100017
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052011000100017
Date Issue: 1-Jan-2011
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0006-87052011000100017.pdf438.93 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.