Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/44574
Type: Artigo de periódico
Title: Validação da bateria Beck de testes de habilidades para atletas brasileiros de rugby em cadeira de rodas
Title Alternative: Validation of beck battery of skills tests to Brazilian players of wheelchair rugby
Author: Gorla, José Irineu
Costa e Silva, Anselmo de Athayde
Costa, Leonarto Trevizan
Campos, Luis Felipe Castelli Correia de
Abstract: The Wheelchair Rugby is a sport practiced by subjects with tetraplegia or tetra-equivalence, since 2005 in Brazil, where there are approximately 10 teams in business. The motricity evaluation is a means of training control that allows achieve real progress in planning. The BECK battery of skills tests (ball handling, precision passing, blocking, speed and long distance passing) to wheelchair rugby athletes was developed in the U.S.A. by Yilla & Sherrill (1998).The aim of this study was to examine the criteria of scientific authenticity of the battery to the Brazilian athletes population. The results of two assessments with the battery (test and retest) with 11 athletes (mean age 27.59 ± 5.37 years, length of lesion 8.19 ± 3.83 years), were recorded by three assessors , which allowed the analysis of objectivity, reliability and internal consistency. We used ANOVA for analysis of objectivity and linear correlation and t test for analysis of reliability and consistency. No differences were found between results from different raters (p values ranging from 0.45 to 1.00) and the values of intraclass correlation coefficient found (range r 0.78 to 0.99 p < 0.00) indicate that the battery is consistent and reliable. The results of this study indicate that the criteria of scientific authenticity to the battery are satisfied and battery can be considered a valid tool for motricity evaluation of wheelchair rugby brazilian players.
O Rugby em Cadeira de Rodas é uma modalidade praticada por sujeitos com tetraplegia ou tetra-equivalência, desde 2005 no Brasil, onde existem aproximadamente 10 equipes em atividade. A avaliação motora é um dos meios de controle do treinamento que possibilita conquistar avanços no planejamento. A bateria Beck de testes de habilidades (manejo de bola, precisão de passes, bloqueio, velocidade e passes de longa distância) para atletas da modalidade foi desenvolvida nos EUA por Yilla e Sherrill (1998). O objetivo deste estudo foi analisar os critérios de autenticidade científica da bateria para a população de atletas brasileiros. Os resultados de duas avaliações com a bateria (teste e re-teste) realizadas com 11 atletas (média de idade 27,59 ± 5,37 anos, tempo de lesão 8,19 ± 3,83 anos), foram registrados por três avaliadores, o que possibilitou a análise de objetividade, fidedignidade e consistência interna. Foram utilizadas as ferramentas ANOVA para análise de objetividade e, coeficiente de correlação intraclasse e teste t para análise de fidedignidade e consistência. Não foram encontradas diferenças entre os resultados dos diferentes avaliadores (valores de p variando de 0,45 a 1,00) e os valores de correlação intraclasse encontrados (variação de r de 0,78 a 0,99) permitem concluir que a bateria é consistente e fidedigna. Os resultados encontrados neste estudo são evidências de que os critérios de autenticidade científica para a bateria são satisfeitos e a bateria pode ser considerada um instrumento válido para avaliação motora de atletas brasileiros de rugby em cadeira de rodas.
Subject: Avaliação
Esporte adaptado
Deficiência física
Evaluation
Wheelchair sports
Physical disability
Editor: Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1807-55092011000300011
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S1807-55092011000300011
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092011000300011
Date Issue: 1-Sep-2011
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1807-55092011000300011.pdf233.04 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.