Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/44476
Type: Artigo de periódico
Title: Non-volant small mammals at an Atlantic forest area situated nearby a limestone quarry (Limeira quarry), state of São Paulo, Brazil
Title Alternative: Pequenos mamíferos não-voadores em uma área de Mata Atlântica adjacente à mina de cimento Limeira, São Paulo, Brasil
Author: Leiner, Natália Oliveira
Silva, Wesley Rodrigues
Abstract: Our aim was to survey the non-flying small mammals inhabiting an Atlantic forest area situated nearby a limestone quarry (Limeira quarry), located at Ribeirão Grande municipality (SP), southeastern Brazil. Species were captured with pitfall and Sherman traps along eight pairs of 60 m transects distributed at four different distances from the quarry (60, 220, 740 and 1300 m). Between October 2005 and January 2008, 20 small mammal species (11 rodents and nine marsupials) were captured through 4080 pitfall trap-nights and 2040 Sherman trap-nights. The high values of richness, diversity (H' = 2.65) and equability (J = 0.88), and the presence of endemic and threatened species indicates a preserved study site and small mammal assemblage. Marmosops incanus, Monodelphis americana and Oligoryzomys nigripes were the commonest species at the study site. Trapping sites located closer to the quarry (60 and 220 m away from the quarry) presented lower richness and were dominated by disturbance-tolerant species, such as O. nigripes, that usually benefit from habitat alterations. On the other hand, sites located away from the quarry and closer to Serra do Mar Protected Area (740 and 1300 m away from the quarry) presented higher richness and diversity, and a higher abundance of disturbance-intolerant species. These results suggest a negative distance-dependent impact of quarrying on small mammal communities. In this way, our results point out to the importance of long-term monitoring of quarrying impacts on small non-flying mammal communities and populations, and the need of conservation strategies in order to ensure species persistence in these areas.
O objetivo desse estudo foi elaborar uma lista das espécies de pequenos mamíferos não-voadores que ocorrem em uma região de Mata Atlântica localizada nas proximidades de uma área de mineração de calcário (Mina Limeira), situada no município de Ribeirão Grande (SP), sudeste do Brasil. Para tal, foram montadas estações de captura contendo linhas de balde e armadilhas do tipo Sherman em oito transectos de 60 m, agrupados em pares e localizados a diferentes distâncias da cava da mina (60, 220, 740 e 1300 m de distância), partindo da área antropizada em direção à área de proteção ambiental da Serra do Mar. Entre outubro de 2005 e janeiro de 2008, com um esforço de 4080 baldes-noite e 2040 armadilhas-noite, foram capturadas 20 espécies de pequenos mamíferos, sendo 11 roedores e nove marsupiais. A alta riqueza, diversidade (H' = 2,65) e equabilidade (J = 0,88) estimada na área de estudo, além da presença de espécies endêmicas e ameaçadas, indicam o grau de preservação da área de estudo e da assembléia de pequenos mamíferos. As espécies mais comuns foram Marmosops incanus, Monodelphis americana e Oligoryzomys nigripes. Os transectos localizados mais próximos da cava (60 e 220 m de distância) foram dominados por espécies indicadoras de habitats alterados, como O. nigripes, que tende a proliferar nessas situações. Por outro lado, os sítios mais distantes (740 e 1300 m de distância da cava) apresentaram maior riqueza e diversidade, e espécies mais sensíveis a perturbações. Esses resultados sugerem um possível impacto negativo dependente de distância em relação à mina de calcário. Dessa maneira, nossos resultados apontam para a importância de monitoramentos de longo prazo sobre os impactos da mineração sobre as populações e a comunidade de pequenos mamíferos não-voadores, além da elaboração de planos de conservação para assegurar a persistência das espécies na região.
Subject: biodiversidade
inventário faunístico
impacto da mineração
Didelphimorphia
Rodentia
biodiversity
faunistic inventory
mining impacts
Didelphimorphia
Rodentia
Editor: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1676-06032012000400020
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S1676-06032012000400020
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032012000400020
Date Issue: 1-Dec-2012
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1676-06032012000400020.pdf677.34 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.