Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/38918
Type: Artigo de periódico
Title: Tamanho de amostra e estimativa de custo em levantamento epidemiológico de cárie dentária
Title Alternative: Sample size and costs estimate in epidemiological survey of dental caries
Author: Bellon, Maria Lucia
Ambrosano, Gláucia Maria Bovi
Pereira, Stela Márcia
Sales-Peres, Sílvia Helena de Carvalho
Meneghim, Marcelo de Castro
Pereira, Antonio Carlos
Tagliaferro, Elaine Pereira da Silva
Pardi, Vanessa
Abstract: This study aimed to analyze how the prevalence and the distribution of dental caries influence the sample size in epidemiological surveys, and how much are the costs. Secondary data of oral health surveys in 12-year-old schoolchildren from Bauru in 1976, 1984, 1990, 1994, and 2001, and from Piracicaba in 2001 and 2005 were studied. Sample sizes were estimated taking into account the mean DMFT and standard deviation of each survey, establishing sampling errors of 1%, 2%, 5%, and 10%. Costs were estimated considering permanent material, consumption material and human resources. The sample size in both towns needed to be increased, ranging from 119 in 1976 to 1,118 in 2001 in Bauru, and from 954 in 2001 to 1,252 in 2005 in Piracicaba, when a sampling error of 10% was considered. The cost of dental caries surveys was verified considering different sampling errors. This cost depends on how acceptable is the margin of difference between the true mean and the one found in the survey. In conclusion, the reduction in the prevalence of dental caries has determined the need for increase in sample size and in costs for conducting the surveys.
O objetivo do presente estudo foi analisar como a prevalência e a distribuição da cárie dentária influenciam o tamanho da amostra em levantamentos epidemiológicos, e os custos para sua realização. Foram utilizados dados de levantamentos realizados em escolares de 12 anos em Bauru nos anos de 1976, 1984, 1990, 1994 e 2001, e em Piracicaba nos anos de 2001 e 2005. Os tamanhos amostrais foram dimensionados considerando-se a média e o desvio padrão obtidos, fixando-se erro amostral em 1%, 2%, 5% e 10%. Os custos foram estimados considerando material permanente, de consumo e recursos humanos. Verificou-se aumento no tamanho das amostras em ambos os municípios, variando de 119 em 1976 para 1.118 em 2001 em Bauru, e de 954 em 2001 para 1.252 em 2005 em Piracicaba, considerando-se um erro amostral de 10%. Considerando-se diferentes erros amostrais, verificou-se o custo para o levantamento, sendo que o mesmo depende do quanto o pesquisador se permite errar em relação ao verdadeiro valor da média da população. Conclui-se que a diminuição da prevalência da cárie dentária determinou o aumento no tamanho das amostras e a elevação dos custos para realização dos levantamentos.
Subject: Cárie dentária
Epidemiologia
Tamanho de amostra
Prevalência
Estudos Transversais
Custos e Análise de custo
Dental caries
Epidemiology
Sample size
Prevalence
Cross-sectional studies
Costs and cost analysis
Editor: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1415-790X2012000100009
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2012000100009
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2012000100009
Date Issue: 1-Mar-2012
Appears in Collections:Unicamp - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1415-790X2012000100009.pdf280.38 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.