Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/38909
Type: Artigo de periódico
Title: Inquéritos domiciliares de saúde: potencialidades e desafios
Title Alternative: Health household surveys: potentials and challenges
Author: Barros, Marilisa Berti de Azevedo
Abstract: This paper presents a short description of the development of measures for population health conditions, focusing on the recognition of periodic population surveys to provide new indicators. It also provides brief history of the development of population surveys, and points out some favorable conjunctures in Brazil for establishing a matrix of several types of surveys that could consistently integrate the Brazilian Health Information System. Several methodological issues related to the development of surveys are discussed, and the investments already made in the validation and evaluation of tools, scales, and sample design are stressed. Considering the existence of high concentration of wealth, health equality surveillance is emphasized as a central responsibility of nationwide surveys, which calls for the definition of variables and indicators. This paper highlights that research lines related to surveys and health inequality may establish significant spaces for the development of epidemiological theories and a more integral practice in the Collective Health arena.
É apresentada uma síntese do desenvolvimento das medidas de estado de saúde de populações e do reconhecimento da necessidade de inquéritos populacionais periódicos para a geração dos novos indicadores. Traça-se um breve histórico sobre o desenvolvimento dos inquéritos, apontando conjunturas favoráveis no Brasil para o estabelecimento de uma matriz de diferentes modalidades de inquéritos que passem a integrar de forma consistente o sistema de informação em saúde do país. Destacam-se algumas questões metodológicas relativas aos inquéritos e aponta-se o acúmulo de investimento já feito no país em validação e avaliação de instrumentos e escalas e em desenhos amostrais, entre outros aspectos. É enfatizado que a monitorização da equidade em saúde deve ser uma atribuição central dos inquéritos nacionais, considerando o patamar prevalente de concentração da renda, o que implica um conjunto de definições e escolhas de variáveis e indicadores. Ressalta-se que as linhas de pesquisa relativas aos inquéritos e à sua aplicação na análise das desigualdades em saúde podem constituir espaços significativos para o desenvolvimento de teorias epidemiológicas e de uma prática afinada com o campo da Saúde Coletiva.
Subject: Inquéritos domiciliares de saúde
Indicadores de estado de saúde
Sistema de informação de saúde
Desigualdades sociais em saúde
Household interview surveys
Health status indicators
Health information system
Social inequalities in health
Editor: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1415-790X2008000500002
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2008000500002
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000500002
Date Issue: 1-May-2008
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1415-790X2008000500002.pdf252.79 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.