Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/38890
Type: Artigo de periódico
Title: A estratégia de pedir ajuda em estudantes do ensino fundamental
Title Alternative: El uso de la estrategia de pedir ayuda en los estudiantes de la escuela primaria
Help-seeking strategy among elementary school students
Author: Serafim, Tania Maria
Boruchovitch, Evely
Abstract: The objective of the present study was to examine the academic help-seeking strategy in relation to school grade level and gender. The sample consisted of 159 students of both sexes, from 2nd to 4th grades. Data were collected through a Help Seeking in School Scale and analyzed quantitatively. Results showed that the school grade level was associated with help-seeking behavior. Second grade level students were the ones who reported to seek less help when compared to their third and fourth grade counterparts. Very few gender differences emerged. Data is discussed not only in terms of the importance that teachers promote this strategy use in the classroom, but also in terms of its relevance for self-regulated learning.
O presente estudo objetivou verificar a relação entre a estratégia de pedir ajuda e as variáveis série escolar e gênero. Participaram da pesquisa 159 estudantes de ambos os sexos, de 2ª a 4ª séries do ensino fundamental. Os dados foram coletados por meio da Escala de Avaliação da Estratégia de Pedir Ajuda no Contexto Escolar, e foram analisados quantitativamente. Os resultados indicam que a variável série escolar parece estar relacionada ao uso do pedir ajuda. Estudantes da 2ª série, diferentemente dos da 3ª e 4ª séries, relataram não utilizar muito essa estratégia. Em relação ao gênero, parece que a diferença, no que diz respeito ao uso do pedir ajuda, se mostra pequena. Os dados são discutidos em termos da possibilidade de o professor favorecer o uso da estratégia de pedir ajuda no contexto de sala de aula bem como da importância dessa estratégia para a promoção da aprendizagem autorregulada.
El objetivo de este estudio fue examinar la estratégia de pedir ayuda em relación con el grado escolar y sexo. La muestra fue de 159 estudiantes de ambos sexos del 2º al 4º grado. Los datos fueron recolectados través de uma escala de pedir ayuda em la sala de clase, siendo analizados cuantitativamente. Los resultados indican que el grado escolar parece relacionarse con el uso de pedir auda. Los estudiantes de 2º grado, diferente de los del 3º y 4º grado respondieron no utilizar mucho esta estrategia. Em relación al gênero, se observa uma diferencia pequeña. Los datos son discutidos em términos de favorecer el uso de la estrategia de pedir ayuda em clases, así como, también la importancia de esa estratégia para la autoregulación del aprendizaje.
Subject: Psicologia cognitiva
Ajuda
Aprendizagem
Ensino fundamental
Cognitive psychology
Help-seeking
Learning
Basic education
Editor: Conselho Federal de Psicologia
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1414-98932010000200014
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S1414-98932010000200014
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932010000200014
Date Issue: 1-Jan-2010
Appears in Collections:Unicamp - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.