Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/38701
Type: Artigo de periódico
Title: Estudo da efetividade de um programa de triagem auditiva neonatal universal
Title Alternative: Effectiveness study of the universal newborn hearing screening
Author: Fernandes, Juliana Cristina
Nozawa, Márcia Regina
Abstract: This article discusses the insufficiency of family participation in a program of Universal Newborn Hearing Screening. As it is a premature detection of hearing alterations, with the possibility of reduction of damages caused by these, it becomes essential the family participation during all the diagnosis process. The aim of the text is to understand the absence of the mothers of infants born between May 2002 and June 2004 at Center of Integral Attention to the Health of the Woman (Unicamp) when returning to a second hearing evaluation. Through the characterization of social-demographic profiles of the mothers, some aspects were related to the non-returning at the screener service and three mothers were selected to interview. It was concluded that three traces from the mother's profiles are detached among mothers who returned less times: to have more than one child; to have frequency of only one to three prenatal consultations; and not having a partner. The basic allegation for the nonreturning was that the loss of hearing could be identified through observation at home. Besides being constituted by social factors, the absences of the mothers reflect cultural practices. It was considered necessary the creation of a net of health services that guide the mothers of infants about alterations in the infantile development.
Este artigo discute a insuficiência de participação familiar num programa de triagem auditiva neonatal universal. Por se tratar da detecção precoce de alterações auditivas, com a possibilidade de redução dos prejuízos causados por estas, torna-se fundamental a participação familiar durante todo o processo de diagnóstico e reabilitação. O objetivo do texto é compreender a ausência das mães dos lactentes nascidos entre maio de 2002 e junho de 2004 no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM-Unicamp) ao retorno para a segunda avaliação auditiva. Através da caracterização do perfil sociodemográfico das mães, alguns aspectos foram relacionados ao não retorno ao serviço de triagem e três mães selecionadas para entrevista. Concluiu-se que três traços do perfil materno se destacam dentre as que menos retornaram ao serviço: possuir mais de um filho; ter frequência de apenas uma a três consultas pré-natais; e não possuir companheiro. A principal alegação para o não retorno foi de que as perdas auditivas seriam passíveis de identificação pela observação em casa. Assim, além de ser constituída por fatores sociais, a ausência das mães reflete práticas culturais. Considera-se necessária a criação de uma rede de serviços de saúde que oriente gestantes e mães de lactentes sobre as alterações no desenvolvimento infantil.
Subject: Saúde infantil
Adesão familiar
Perda auditiva
Child health
Family adhesion
Hearing loss
Editor: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1413-81232010000200010
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232010000200010
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232010000200010
Date Issue: 1-Mar-2010
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1413-81232010000200010.pdf54.89 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.