Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/36401
Type: Artigo de periódico
Title: Representações sociais sobre o câncer feminino: vivência e atuação profissional
Title Alternative: Social representation about female cancer: living experience and professional acting
Author: Vieira, Carolina Pasquote
Queiroz, Marcos de Souza
Abstract: This research focuses on female cancer through two perspectives: one that stems from the nursing professionals of CAISM-UNICAMP and other that stems from the patients under treatment at the hospital. The objective of this work required a qualitative methodological approach, implemented through both semi-structured interviews and participant observation. Data show that cultural constructions about disease diagnosis induce women to assume an ill role with radical implications for their everyday life. However, the hospital is equipped to treat only the biological aspects of the patient's physical body. Emotional and social aspects are subtracted - a condition which can generate partial treatment and, at the same time, discontentment among professional staff. Data also show that this aspect promotes dissatisfaction among both patients and the health professionals.
Esta pesquisa focaliza o câncer feminino através de duas perspectivas: a proveniente dos profissionais de enfermagem do CAISM-UNICAMP e das pacientes internadas nesta instituição. A proposta do presente trabalho exigiu uma postura metodológica qualitativa, implementada através de entrevistas semi-estruturadas e observação participante. Os dados revelam que construções culturais acerca do diagnóstico da doença induzem a mulher a assumir um papel de doente com implicações radicais em sua rotina de vida. No entanto, o hospital está equipado apenas para o tratamento biológico, relacionado com o corpo físico da paciente. O aspecto emocional e social da doença é subtraído, o que pode gerar a prestação de uma assistência parcial ao paciente e descontentamento na equipe profissional. Os resultados mostram também que a aproximação mecanicista da doença e da cura ainda é hegemônica no hospital, um aspecto que promove insatisfação tanto nas pacientes como nas profissionais de saúde.
Subject: câncer
enfermagem
instituição
representações sociais
cancer
nursing
organization
social representation
Editor: Associação Brasileira de Psicologia Social
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0102-71822006000100009
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-71822006000100009
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822006000100009
Date Issue: 1-Apr-2006
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0102-71822006000100009.pdf71.29 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.