Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/361787
Type: Artigo
Title: Phanerogamic flora and vegetation of Itacolomi State Park, Minas Gerais, Brazil
Title Alternative: Flora fanerogâmica e vegetação do Parque Estadual do Itacolomi, Minas Gerais, Brasil
Author: Braga Messias, Maria Cristina T.
de Sousa, Hildeberto Caldas
Scalon, Viviane Renata
Roschel, Miriam B.
Candido, Elisa Silva
Fujaco, Maria Augusta G.
Abstract: Located in the municipalities of Ouro Preto and Mariana, in the Quadrilatero Ferrifero (QF) of Minas Gerais, the Itacolomi State Park (ISP) shelters more than 7,000 ha of remnants of Atlantic Forest and campos rupestres. The QF region has high biodiversity and is being highly impacted, mainly by mining activities. Aiming to organize the available floristic information and to support related research, this study presents the list of phanerogamic species of the ISP and the major vegetation types. This survey was carried out from October/1992 to July/2006, by monthly field trips. Besides authors' personal collections, other records were assembled from herbarium databank. A total of 1623 taxons belonging to 122 families were listed. The families with higher species richness were Asteraceae, Fabaceae, Melastomataceae, Poaceae and Orchidaceae. The vegetation is represented by campos rupestres (51% of the total area), followed by montane forests (40%) and anthropogenic disturbed areas (9%). The greatest species richness occurs in campos rupestres. Several species are threatened and/or endemic. The knowledge of phanerogamic flora of ISP can help the Management Plan of this Unit of Conservation. It is also a contribution for future-related studies of the flora of ISP, Minas Gerais and Brazil
metadata.dc.description.abstractalternative: O Parque Estadual do Itacolomi (PEIT) localiza-se nos municípios de Ouro Preto e Mariana, no Quadrilátero Ferrífero de Minas Gerais e abriga mais de 7.000 ha de remanescentes de mata atlântica e campos rupestres. A região do QF possui alta biodiversidade vegetal e está sobre alto impacto, principalmente pela mineração. O objetivo deste estudo foi apresentar a lista das espécies fanerogâmicas e os principais tipos vegetacionais desse Parque, no intuito de organizar a diversidade florística existente, além de servir como suporte para pesquisas correlatas subsequentes. O levantamento florístico foi realizado de outubro/1992 a julho/2006 por excursões mensais ao campo. Foram também incluídas na listagem registros ocorrentes em banco de dados de herbários. Foram identificados 1623 táxons, pertencentes à 122 famílias. As famílias mais representativas foram Asteraceae, Fabaceae, Melastomataceae, Poaceae e Orchidaceae. A vegetação do PEIT é constituída por campos rupestres (51% da área do parque), seguido pelas florestas montanas (40%) e por formações antrópicas (9%). A maior riqueza de espécies ocorre nos campos rupestres. Diversas espécies figuram em listas de espécies ameaçadas de extinção e outras são endêmicas. O conhecimento da flora fanerogâmica do Parque Estadual do Itacolomi pode subsidiar o Plano de Manejo dessa Unidade de Conservação e contribuir para futuros trabalhos correlatos nesta área, além de suprir conhecimentos para a flora de Minas Gerais e do Brasil
Subject: América Latina
Campos rupestres
Country: Brasil
Editor: Instituto Virtual da Biodiversidade
Rights: Fechado
Identifier DOI: 10.1590/1676-0611-BN-2016-0236
Address: https://www.scielo.br/j/bn/a/FnpJM8Qn3r4Lj6HF5Ls3qRH
Date Issue: 2017
Appears in Collections:IB - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.