Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/35941
Type: Artigo de periódico
Title: Estudo de sobrevivência de uma coorte de pessoas de 60 anos e mais no município de Botucatu (SP) - Brasil
Title Alternative: Survival study of a sixty year-old and older cohort in Botucatu (SP) - Brazil
Author: Ruiz, Tania
Chalita, Liciana Vaz de Arruda Silveira
Barros, Marilisa Berti de Azevedo
Abstract: In order to determine mortality predictors among individuals aged 60 years and over, a survival study was conducted in 1992 by tracking a population of elders who participated in a general self-rated morbidity survey in 1983/84, in Botucatu, SP - Brazil. Kaplan-Meier estimates and the Cox proportional hazards method, available in SPSS and SAS statistical packages (v. 6.12), were used to analyze survival. The following mortality predictors were found for males (p<0.05): being 70 years or older: Hazard Ratio (HR)=2.4 (1.6 - 3.7); earning one or less than one minimum wage: HR=2.2 (1.3 - 3.8); having other income: HR=2.2 (1.3 - 3.9); being the head of the household: HR=2.3 (1.2 - 2.4); self-rated morbidity due to circulatory diseases: HR=1.6 (1.1 - 2.4) and diabetes mellitus: HR=3.0 (1.3 - 7.0). Mortality predictors for females were the following: being 70 years or older: HR (4.6 (3.0 - 7.1); self-rated morbidity due to diabetes mellitus: HR=3.0 (1.7 - 5.3); and having other income: HR=2.0 (1.1 - 4.0).
O aumento proporcional do número de idosos na população tem motivado estudos no sentido de melhorar a qualidade de vida desta faixa etária através de políticas sociais e, entre elas, o planejamento em saúde. Com o objetivo de conhecer riscos de mortalidade para a população de sessenta anos e mais, um estudo de sobrevida foi realizado rastreando, no ano de 1992, os idosos participantes de um inquérito de morbidade referida realizado na cidade de Botucatu em 1983/84. Foram localizados 89,6% destes idosos. Curvas de sobrevivência foram calculadas com o método de Kaplan-Meier e a análise de riscos, utilizando-se a Regressão Múltipla de Cox ajustando-se o modelo agregando as variáveis por blocos. Para o sexo masculino foram encontradas associadas, independentemente, ao aumento da mortalidade as seguintes categorias de variáveis: idade de 70 anos e mais: Hazard Ratio (HR)=2,4 (1,6 - 3,7); salário menor que um salário mínimo: HR=2,2 (1,3 - 3,8); ter outras rendas: HR=2,2 (1,3 - 3,9); ser o chefe da família ou seu cônjuge: HR=2,3 (1,2 - 2,4); referência de doenças do aparelho circulatório: HR=1,6 (1,1 - 2,4); referência de diabetes mellitus: HR=3,0 (1,3 - 7,0). Para o sexo feminino, foram encontradas associadas a idade de 70 anos e mais: HR=4,6 (3,0 - 7,1); referência de diabetes mellitus: HR=3,0 (1,7-5,3) e ter outras rendas: HR=2,0 (1,1 - 4,0).
Subject: Sobrevivência
Idoso
Mortalidade
Survival
Aged
Mortality
Editor: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1415-790X2003000300006
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2003000300006
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2003000300006
Date Issue: 1-Sep-2003
Appears in Collections:Unicamp - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1415-790X2003000300006.pdf72.11 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.