Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/35940
Type: Artigo de periódico
Title: Desigualdades socioespaciais na mortalidade do adulto no Município de São Paulo
Title Alternative: Social inequalities in adult mortality in the City of S. Paulo
Author: Drumond Jr., Marcos
Barros, Marilisa Berti de Azevedo
Abstract: Mortality among adults has been increasingly analyzed in developed countries because it has become relatively more important than mortality in other age groups. Social inequalities have been assessed in these studies. In developing countries these issues have not been sufficiently analyzed. This article aims to detect social differences in mortality among adults in City of São Paulo, between 1990 and 1992. The urban area of the City of São Paulo was divided into four socioeconomic homogeneous areas. This division was based on socioeconomic variables obtained from the 1991 demographic census. Comparing the four areas, the results showed important differences in several death indexes and death rates. Death rates for most basic causes were higher in underprivileged areas. The main causes of adult mortality were cardio-vascular diseases, tumors, accidents and violence. Some possible groups of determinants that could explain the differences in the mortality pattern found in the City of São Paulo were discussed: different prevalence of known risk factors for chronic diseases; different access to adequate medical care; different quality of urban environment, and different socioeconomic levels of the population living in different areas of the city.
O aumento da importância da mortalidade do adulto tem sido acompanhado de uma grande produção científica sobre o tema nos países centrais. Nestes estudos, as desigualdades sociais têm sido avaliadas. Nos países periféricos, apesar de também se observar o crescimento da sua importância, têm sido realizados poucos estudos, em especial no que se refere às desigualdades sociais na sua geração e distribuição. Este trabalho tem como objetivo a análise das desigualdades sociais na mortalidade do adulto no município de São Paulo, buscando-se a apreensão dessa desigualdade pelo estudo dos diferenciais no espaço urbano. Este é analisado pela definição e delimitação de áreas socioambientais homogêneas. Nos resultados observa-se distribuição desigual na mortalidade do adulto no município de São Paulo, constatada nos diferentes indicadores analisados e para a maioria das causas de morte analisadas, geralmente em prejuízo das populações vivendo em áreas de piores condições socioambientais. O padrão da mortalidade do adulto, no Município de São Paulo, mostra forte participação de doenças crônicas não transmissíveis e das decorrentes de violências. São discutidas algumas dimensões de determinação dos perfis encontrados ressaltando as distribuições diferenciadas dos fatores de risco, do acesso à assistência à saúde, da exposição a riscos no ambiente urbano e das condições econômicas e sociais da população.
Subject: Mortalidade
Adulto
Fatores socioeconômicos
Iniqüidade social
Distribuição espacial
Mortality
Adult
Socioeconomic factors
Social iniquity
Residence characteristics
Editor: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva
Citation: Revista Brasileira de Epidemiologia. Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva , v. 2, n. 1-2, p. 34-49, 1999.
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1415-790X1999000100004
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X1999000100004
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X1999000100004
Date Issue: 1-Aug-1999
Appears in Collections:Unicamp - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1415-790X1999000100004.pdf109.12 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.