Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/359315
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Crônica, moda e imaginário urbano : a construção literária da sociabilidade mundana na escrita de Paulo Barreto
Title Alternative: Chronicle, fashion and urban imaginary : the literary construction of the mundane sociability in Paulo Barreto's writing
Author: Imada, Heloísa Leite, 1995-
Advisor: Levin, Orna Messer, 1960-
Abstract: Resumo: Esta pesquisa se debruça sobre as crônicas mundanas assinadas por José Antônio José, um dos pseudônimos adotados por Paulo Barreto, na Revista da Semana em 1916. A partir do conjunto de seus textos publicados nesta revista ilustrada, procuramos responder às seguintes questões: que modelo narrativo foi emprestado à imprensa internacional? como a assinatura de José Antônio José ajudou a construir a representação literária de um imaginário do Rio de Janeiro mundano. Para respondê-las, a análise se desenvolveu em torno de dois eixos centrais: uma investigação sobre a circulação de modelos narrativos e um estudo de caso sobre as crônicas mundanas. No primeiro eixo, investigamos as características dos suportes em que as crônicas mundanas foram veiculadas, mapeando aspectos tipográficos e temáticos de duas revistas ilustradas que circulavam na capital brasileira na década de 1910: Revista da Semana (Brasil) e Femina (França), pensadas na perspectiva da civilização do jornal. Tendo em vista o suporte e as características adquiridas pelo gênero no contexto brasileiro, averiguamos a sua especialização à luz do exame da figuração autoral de José Antônio José, com a finalidade de compreender a dinâmica de circulação de modelos narrativos e as suas apropriações. Essa incursão resultou na constatação de um posicionamento poético que tem efeitos de sentido na produção literária examinada. No segundo eixo, o estudo das crônicas compiladas na coluna "A Semana Elegante" se subdividiu em duas partes, organizadas de acordo com a temática: a primeira delas trata da representação literária das práticas mundanas, enquanto a segunda aborda mais especificamente a figuração das viagens na escrita de José Antônio José. O conjunto de crônicas permitiu averiguar a maneira pela qual se construiu, no âmbito da cultura midiática, uma representação literária dos espaços públicos de lazer e das práticas burguesas de distinção social. Por meio da análise poética da mundanidade, espera-se demonstrar que a crônica de João do Rio esteve em sintonia com os símbolos da primeira República, uma vez que contribuiu para a criação imaginária da nova sociabilidade, vinculando a noção de vida elegante ao ideal de modernidade que se instaurava no Rio de Janeiro em 1916

Abstract: This research is about the world chronicles signed by José Antônio José, one of the pseudonyms adopted by Paulo Barreto, published in "Revista da Semana" in 1916. From the set of his texts, we try to answer the following questions: which narrative model was lent to the international press? how José Antônio José's signature helped to build the literary representation of a worldly Rio de Janeiro imaginary. To answer them, the analysis developed around two central axes: an investigation on the circulation of narrative models and a case study on worldly chronicles. In the first axis, we investigated the characteristics of the supports in which the worldly chronicles were conveyed, mapping typographic and thematic aspects of two illustrated magazines that circulated in the Brazilian capital in the 1910s: "Revista da Semana" (Brazil) and "Femina" (France), thought from the perspective of the civilisation du journal. In view of the support and characteristics acquired by the genre in the Brazilian context, we analysed its specialization in the light of José Antônio José's examination of authorship, with the purpose of understanding the dynamics of circulation of narrative models and their appropriations. This incursion resulted in the verification of a poetic positioning that has meaning effects on the literary production examined. In the second axis, we divided the study of the chronicles compiled in the column "A Semana Elegante" into two parts, organized according to the theme: the first examines the literary representation of worldly practices, while the second focus on the figuration of travels in José Antônio José's writing. The set of chronicles made it possible to understand how media culture impacted literary representation of public leisure spaces and bourgeois practices of social distinction. Through the poetic analysis of worldliness, we demonstrated that the chronicle of João do Rio was in tune with the symbols of the first Republic, since it contributed to the imaginary creation of the new sociability, linking the notion of elegant life o the ideal of modernity that was established in Rio de Janeiro in 1916
Subject: Crônicas
Narrativas
Imprensa
Imaginários urbanos
Europa - Civilização - Séc. XIX
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: IMADA, Heloísa Leite. Crônica, moda e imaginário urbano: a construção literária da sociabilidade mundana na escrita de Paulo Barreto. 2021. 1 recurso online (198 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/359315. Acesso em: 26 abr. 2021.
Date Issue: 2021
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Imada_HeloisaLeite_M.pdf19.68 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.