Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/359178
Type: Artigo
Title: A brief analysis of language tasks used by air traffic controllers in radiotelephony communications in Brazil
Title Alternative: Uma breve análise de tarefas linguísticas usadas por controladores de tráfego aéreo nas comunicações radiotelefônicas no Brasil
Author: Aragão, Beatriz Faria
Scaramucci, Matilde Virginia Ricardi
Abstract: This article reports the results of a study, conducted by the EPLIS (the SISCEAB Aeronautical English Language Proficiency Exam) development team, which consisted, among other things, of an analysis followed by discussion of the language tasks listed in Appendix B of the Manual on the Implementation of Language Proficiency Requirements (Doc 9835, ICAO, 2010). Although those language tasks supposedly represented language used by air traffic controllers, they were considered too vague to be used to improve the exam or to develop teaching and assessment materials. The study was carried out by a team of five experienced and proficient air traffic controllers from different facilities and a language expert with experience in teaching and assessing English for specific purposes using a focus group methodology. The results have shown that the most frequently used language tasks are related to traffic management, mostly covered by phraseology. On the other hand, language tasks involving explanation and clarifications, which are highly recurrent in radiotelephony communications, require the use of plain language. Additionally, the analysis has revealed that although some language tasks might not be so complex in terms of language, nor so frequently used, they play an important role in the safety of operation
metadata.dc.description.abstractalternative: Este artigo relata os resultados de um estudo, conduzido pela equipe de desenvolvimento do EPLIS (Exame de proficiência em Inglês Aeronáutico do SISCEAB) que consistiu, entre outros, em uma análise, seguida de discussão, das tarefas linguísticas listadas no Apêndice B do Manual de Implementação dos Requisitos de Proficiência Linguística (Doc 9835, ICAO, 2010). Embora essas tarefas supostamente representassem a linguagem usada pelos controladores de tráfego aéreo, eram consideradas muito vagas para serem usadas para aprimorar o exame ou para desenvolver materiais de ensino e de avaliação. O estudo foi conduzido por uma equipe de cinco controladores de tráfego aéreo experientes e proficientes, provenientes de diferentes órgãos operacionais, e uma especialista em línguas com experiência em ensino e avaliação para fins específicos usando uma metodologia de grupo focal. Os resultados mostraram que as tarefas linguísticas mais frequentemente utilizadas são aquelas relacionadas ao gerenciamento do tráfego aéreo que, em grande parte, são cobertas pela fraseologia. Por outro lado, as tarefas envolvendo explicação e clarificação, que são altamente recorrentes em comunicações radiofônicas, requerem o uso do inglês comum. Além disso, a análise revelou que, embora algumas tarefas não sejam tão complexas em termos linguísticos nem tampouco muito frequentemente usadas, elas possuem um papel importante na segurança das operações
Subject: Linguística
Country: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Rights: Aberto
Identifier DOI: 10.23925/2318-7115.2020v41i4a5
Address: https://revistas.pucsp.br/index.php/esp/article/view/50408
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IEL - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1023925231871152020v41i4a5.pdf679.49 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.