Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/358336
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação e classificação de oleaginosas capazes de contribuir na diversificação de matérias-primas para uma produção sustentável do biodiesel
Title Alternative: Evaluation and classification of oilseeds capable of contributing to the diversification of raw materials for a sustainable production of biodiesel
Author: Cardenas Galvis, Maria Teresa, 1988-
Advisor: Gallo, Waldyr Luiz Ribeiro, 1954-
Abstract: Resumo: As preocupações ambientais e os compromissos assumidos pelo Brasil para reduzir as emissões de gases de efeito estufa levaram ao país, entre outras medidas possíveis, a adotar como estratégia aumentar a participação de bioenergia sustentável na matriz energética do país, expandindo o consumo de biocombustíveis e aumentando a parcela de biodiesel na mistura de diesel. Diferentes programas governamentais e políticas regulatórias foram implementadas com o intuito de estimular a produção de biodiesel ao longo do tempo. Entretanto, no curto prazo, a principal força propulsora do crescimento da demanda por biocombustíveis é a atual política RenovaBio. O aumento da participação do biodiesel na matriz energética nacional, pressupõe o aumento da demanda de matérias-primas para a geração desse biocombustível. A soja é a principal matéria-prima utilizada na cadeia de produção de biodiesel e hoje preocupa a alta tendência exportadora dessa oleaginosa em grão. Numerosas outras fontes de óleo vegetal podem ser usadas para a produção do biodiesel, mas nem todas são adequadas. Dentro do cenário apresentado, o objetivo deste trabalho é avaliar e classificar diferentes alternativas oleaginosas capazes de contribuir na cadeia produtiva do biodiesel, visando a produção sustentável desse biocombustível. Para isso, foi definida uma metodologia onde foram estabelecidos alguns aspectos e indicadores para a avaliar a viabilidade de cada matéria-prima nas dimensões técnica, econômica e ambiental. Um sistema de pontuação permitiu estabelecer uma classificação das oleaginosas com as melhores características, tentou-se refletir o ponto de vista de diferentes agentes econômicos caracterizados pelo grau de verticalização das usinas produtoras e sob a ótica dos gestores de políticas públicas. Encontrou-se que as oleaginosas apresentam diferentes desempenhos dependendo da dimensão onde foram analisadas. Como exemplo, a canola é uma boa alternativa considerando apenas a dimensão técnica, mas não é tão boa pelas dimensões econômica e ambiental. Por outro lado, a classificação das oleaginosas depende do ponto de vista do agente econômico. A visão do produtor totalmente integrado que está no plantio, esmagamento e produção do biocombustível é diferente daquele não integrado que só produz biodiesel e compra óleo vegetal no mercado. O mesmo acontece com o gestor de políticas públicas que está mais preocupado com aspectos da dimensão ambiental, por exemplo. A escolha das alternativas muda conforme os interesses dos tomadores de decisão. Por último, o resultado da classificação global considerando as três dimensões, mostrou que as cinco melhores alternativas dentre as dez oleaginosas avaliadas, para serem inseridas na cadeia produtiva do biodiesel, são a palma de óleo, o girassol, a macaúba, o pinhão manso e a canola.

Abstract: Environmental concerns and commitments made by Brazil to reduce greenhouse gas emissions, led the country, among other possible measures, to adopt as a strategy to increase the share of sustainable bioenergy in the country's energy matrix, expanding the consumption of biofuels and increasing the share of biodiesel in the diesel mix. Different government programs and regulatory policies have been implemented in order to stimulate the production of biodiesel over time. However, in the short term, the main driving force behind the growth in demand for biofuels is the current RenovaBio policy. The increase in the share of biodiesel in the national energy matrix presupposes an increase in the demand for raw materials for the generation of this biofuel. Soybean is the main feedstock used in the biodiesel production chain and nowadays it concerns the high export trend of this oilseed. Numerous other sources of vegetable oil can be used to produce biodiesel, but not all are suitable. Within the presented scenario, the objective of this work is to evaluate and classify different oilseed alternatives capable of contributing to the biodiesel production chain aiming at the sustainable production of this biofuel. For this purpose, a methodology was defined where some aspects and indicators were established to assess the viability of each raw material in the technical, economic and environmental dimensions. A scoring system made it possible to establish a classification of oilseeds with the best characteristics, an attempt was made to reflect the point of view of different economic agents characterized by the degree of verticalization of the biodiesel producing plants and from the perspective of public policy managers. It was found that oilseeds present different performances depending on the dimension where they were analyzed. As an example, canola is a good alternative considering only the technical dimension, but it is not so good for the economic and environmental dimensions. On the other hand, the classification of oilseeds depends on the point of view of the economic agent. The vision of the fully integrated producer who is planting, crushing and producing biofuel is different from the non-integrated producer that only produces biodiesel and buys vegetable oil on the market. The same is true of the public policy manager who is more concerned with aspects of the environmental dimension, for example. The choice of alternatives changes according to the interests of decision makers. Finally, the result of the global classification considering the three dimensions, showed that the five best among the ten evaluated oilseeds alternatives, to be inserted in the biodiesel production chain, are oil palm, sunflower, macaw palm, jatropha and canola.
Subject: Biodiesel
Sementes oleaginosas
Óleos vegetais
Desenvolvimento sustentável
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CARDENAS GALVIS, Maria Teresa. Avaliação e classificação de oleaginosas capazes de contribuir na diversificação de matérias-primas para uma produção sustentável do biodiesel . 2020. 1 recurso online ( 160 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Mecânica , Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:FEM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
CardenasGalvis_MariaTeresa_M.pdf2.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.