Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/35785
Type: Artigo de periódico
Title: Mudança tecnológica na agricultura: uma revisão crítica da literatura e o papel das economias de aprendizado
Author: Vieira Filho, José Eustáquio Ribeiro
Silveira, José Maria Ferreira Jardim da
Abstract: This paper presents a critical review on the literature related to technological change in agriculture, and makes a brief description of the alternative approach for agricultural growth. In the traditional literature, technological diffusion, productive dualism and induced innovation are studied. In the dynamic view, the alternative approach of agricultural growth is discussed together with the importance of innovation process and the ability to explore external knowledge. The major limitation of traditional thinking about agricultural growth is the absence of explanations on innovation and learning process. The agricultural sector must recognize that not all technological development and new knowledge come with the acquisition of inputs. Agriculture does not cater to the means of agents who will simply be the receptors of technology. The innovation process within agriculture is organized through complex, production systems, as well as institutions, both private and public, which promote knowledge. Investments and experimentation activities occur within the unit of production, thus creating a wider knowledge stock and a larger absorptive capacity, in addition to fostering the private appropriation of productive gains.
O presente estudo faz uma revisão crítica da literatura sobre a mudança tecnológica na agricultura e uma breve descrição da abordagem alternativa do crescimento agrícola. Na literatura tradicional, apresentam-se a difusão tecnológica, o dualismo produtivo e a inovação induzida. Na visão dinâmica, mostra-se a abordagem alternativa do crescimento agrícola, bem como a importância das inovações e da capacidade de absorção de conhecimentos. A grande limitação dos estudos tradicionais, ao abordarem o crescimento agrícola, é a ausência de explicações da busca tecnológica e do processo de aprendizado. A compreensão do setor agrícola deve identificar que nem todo o desenvolvimento tecnológico e geração de novos conhecimentos estão cristalizados nos insumos produtivos. A agricultura não funciona por meio de agentes receptores passivos de tecnologias. O processo de inovação na agricultura é estruturado dentro de complexos arranjos produtivos e de instituições (públicas e privadas) promotoras do conhecimento. Os investimentos e as atividades de experimentação são exercidos dentro da unidade produtiva, gerando maior estoque de conhecimento e ampla capacidade de absorção, além de estimular a apropriação privada dos ganhos produtivos.
Subject: Mudança tecnológica
conhecimento
capacidade de absorção
inovação
Technological change
knowledge
absorptive capacity
innovation
Editor: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0103-20032012000400008
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-20032012000400008
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-20032012000400008
Date Issue: 1-Dec-2012
Appears in Collections:Unicamp - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0103-20032012000400008.pdf1.51 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.