Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/357562
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Entre experimentalismo e mercado : uma análise do disco Jóia, de Caetano Veloso
Title Alternative: Between experimentalism and market : an analysis of the album Jóia, by Caetano Veloso
Author: Schmidt, João Pedro, 1996-
Advisor: Santos, Antônio Rafael Carvalho dos, 1953-
Abstract: Resumo: Caetano Veloso lançou o LP Jóia em 1975, junto ao disco Qualquer Coisa. Àquela altura, o cantor e compositor atuava no cenário musical brasileiro há quase dez anos. Nesse período, sua imagem pública teve diversas mudanças: passou de cantor de Bossa Nova a líder do movimento tropicalista, preso político e artista exilado. Em seu retorno, tornou-se um dos principais representantes da MPB. No início dos anos 1970, Caetano lançou uma série de discos com caráter altamente experimental, sendo o Jóia o último desses, que foi sucedido por uma maior aproximação com a canção pop. O objetivo desta dissertação é analisar como Caetano responde musicalmente ao contexto em que se insere, elucidando os procedimentos estéticos e composicionais do disco Jóia. Justifico essa abordagem por diversos motivos. Veloso é, até hoje, um dos compositores de maior renome da MPB, gênero que ocupava nos anos 1970 um lugar central na cultura brasileira. O compositor esteve, por muitos momentos, em uma posição ambígua naquele cenário, ora apontado como possível liderança na resistência contra a Ditadura Militar, ora visto como um compositor alienado das questões políticas da época. Os trabalhos acadêmicos que colocam Veloso em enfoque muitas vezes lançam o olhar apenas sobre o período do movimento tropicalista do final dos anos 1960. Embora Caetano tenha tido, nos anos 1970, uma de suas décadas de maior produtividade artística, sua música do período não foi tão analisada. Quando se torna objeto de pesquisa, o enfoque recai sobre as letras da canções, deixando diversos aspectos musicais de lado. Minha abordagem, nessa perspectiva, é uma tentativa de suprir essa lacuna. Para isso, busquei uma análise mais abrangente do disco, que incluiu elementos como o projeto gráfico, os arranjos, as instrumentações, os ritmos, os procedimentos melódicos e harmônicos, os diferentes usos da voz e as letras das canções. A partir dessas informações, identifiquei nas canções do disco Jóia diversos procedimentos de intertextualidade e diálogos com a poesia concreta, um uso extenso de procedimentos modais nas melodias e harmonias, experimentações e improvisos vocais e arranjos construídos de forma intuitiva e com baixa densidade instrumental. Pude verificar também diálogos com a Bossa Nova, com gêneros tradicionais brasileiros como a toada e a marcha-rancho, com cantos de religiões afro-brasileiras e a música de povos indígenas brasileiros, além de momentos de aproximação com gêneros estrangeiros, como o rock, o blues e o jazz

Abstract: Caetano Veloso released the LP Jóia in 1975, alongside the album Qualquer Coisa. At that time, the singer and composer had been active in the Brazilian music scene for almost ten years. During this period, his public image had several changes: he went from a Bossa Nova singer to the leader of the Tropicalia movement, a political prisoner and an exiled artist. Upon his return, he became one of the main names of Brasilian Popular Music (MPB). In the early 1970s, Caetano released a series of highly experimental records. Jóia was the last one, being succeeded by a closer relationship with pop music. This dissertation aims to analyze how Caetano musically responds to the context in which he is inserted, elucidating the aesthetic and compositional procedures of the disc Jóia. I justify this approach for several reasons. Veloso is, to this day, one of the most renowned composers of MPB, a genre that occupied a central spot in the Brazilian culture in the 1970s. The composer was for many moments in an ambiguous position in the scenario, sometimes pointed out as a possible leader in the resistance against the Military Dictatorship, other times seen as a composer alienated from political issues. The academic works that study Veloso often focus only on the period of the Tropicalia movement of the late 1960s. Although Caetano had, in the 1970s, one decade of greatest artistic productivity, the music he made in the period was not much analyzed - when it becomes the object of research, the main focus is the lyrics of the songs, leaving several musical aspects aside. My approach, in this perspective, is an attempt to fill this gap. For that, I sought a wider analysis of the disc, which included elements such as the graphic design, the arrangements, the instruments, the rhythms, the melodic and harmonic procedures, the different uses of the voice and the lyrics of the songs. With that information, I identified on the disc Jóia several intertextuality procedures, dialogues with concrete poetry, extensive use of modal procedures in melodies and harmonies, experimentations, vocal improvisations and arrangements built intuitively and with low instrumental density. I also verified dialogues with Bossa Nova, with traditional Brazilian genres such as toada and marcha-rancho, with songs by Afro-Brazilian religions and the music of Brazilian indigenous people, in addition to moments of approach with foreign genres, such as rock, blues and jazz
Subject: Veloso, Caetano, 1942-
Música popular brasileira
Música experimental
Música brasileira - História
Anos 1970
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SCHMIDT, João Pedro. Entre experimentalismo e mercado : uma análise do disco Jóia, de Caetano Veloso. 2020. 1 recurso online ( 223 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Artes, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Schmidt_JoaoPedro_M.pdf16.58 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.