Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/357511
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Propriedades sintáticas e semânticas das construções de tópico-sujeito no português brasileiro
Title Alternative: Syntatic and semantic properties of subject topic sentences in brazilian portuguese
Author: Sant'Anna, Marcos Felipe Martins de, 1992-
Advisor: Galves, Charlotte, 1950-
Abstract: Resumo: Essa dissertação tem como objeto de estudo o fenômeno conhecido como tópico-sujeito, um dos fenômenos que diferencia o português brasileiro (PB) do português europeu (PE). Seu objetivo principal é compreender de maneira mais detalhada a relação entre a sintaxe dos dados referentes a esse conceito e as propriedades semânticas dos verbos do PB, tendo em vista que tal fenômeno não ocorre com quaisquer tipos de verbo. Em um primeiro momento, tomando como base pressupostos da Gramática Gerativa, é apresentada uma revisão de alguns trabalhos que lidam com esse fenômeno, desde os anos 1980, quando termo surgiu na literatura, até os mais atuais, que discutem detalhes sintáticas e semânticos do fenômeno. Essa revisão tem como objetivo delinear com mais precisão as fronteiras desse conceito, a fim de deixar mais claro a que dados empíricos ele se refere e quais são as suas características distintivas. Nesse percurso, é sugerida uma definição para o fenômeno, que guiará a discussão subsequente. A partir do estabelecimento de uma noção mais clara sobre o objeto ¿ que passa também pela sua diferenciação de outros fenômenos da língua, especificamente os de topicalização marcada ¿, apresentamos algumas análises sintáticas que tentam explicar a existência desses dados no PB e a sua inexistência em outras línguas românicas, notadamente o PE. Assim, com uma visão mais bem definida sobre o conceito e suas características sintáticas, nos debruçamos sobre as propriedades semânticas dos verbos da língua, a fim de identificar quais delas estão relacionadas às possibilidades sintáticas verificadas nos dados empíricos. Essa discussão, por sua vez, é pautada na Semântica Lexical, vertente que proporciona análises e metalinguagens úteis para uma compreensão mais detalhada da composição semântica dos verbos de uma língua. Utilizamos, ainda, como base de dados e modelo de descrição e classificação dos itens verbais do PB, a plataforma online VerboWeb, organizada pelo NuPeS (Núcleo de Pesquisa em Semântica Lexical da UFMG), que apresenta mais de 1400 verbos do PB descritos e organizados em classes com base em características sintáticas e semânticas. A reflexão sobre a relação entre sintaxe e semântica nas sentenças de tópico-sujeito mostrou que algumas imposições para a boa formação desses dados estão ligadas a propriedades dos verbos, como, por exemplo, a ausência da projeção do argumento externo, o que se relaciona com propriedades semânticas dos verbos, já que essa ausência é dificultada ou limitada por aspectos ligados ao sentido denotado por alguns itens verbais. Por fim, essa discussão permite, ainda, refletir sobre os conceitos de gramaticalidade e aceitabilidade, tendo em vista que, de acordo com nossas análises, a má formação de algumas sentenças não está ligada a impedimentos de ordem sintática, mas sim semânticas, o que se relaciona a esses dois conceitos. Em suma, a presente dissertação lança luz sobre o conceito tópico-sujeito, corrente na literatura sobre a sintaxe do PB, e promove reflexões sobre a relação entre propriedades semânticas dos itens lexicais e as possibilidades sintáticas da língua

Abstract: This work aims to study the phenomenon known as subject topic, which is one of the features distinguishing Brazilian Portuguese (BP) from European Portuguese (EP). Our main goal is to understand in more detail the relation between the syntax of subject topic data and the semantic properties of BP verbs, bearing in mind that this phenomenon does not occur with verbs of any type. First, we review a number of works within Generative Grammar dealing with the phenomenon, beginning in the 1980s, when the term "subject topic" first appears in the literature, to more recent debates on its syntactic and semantic details. The objective was to more precisely outline the boundaries of the concept of subject topic, defining to which empirical data it refers and which are its distinctive characteristics. We then suggest a definition of the phenomenon which will guide the subsequent discussion. In the course of establishing a clearer definition of our object, we set it apart from other phenomena in the language, in particular marked topicalization. From this definition, we present syntactic analyses in an attempt to explain how such data can exist in BP while not existing in other Romance languages, most notably EP. Next, now having a more well-defined picture of the subject topic and its syntactic characteristics, we elaborate on the semantic properties of BP verbs, identifying which are related to the syntactic possibilities observed in the empirical data. This discussion is guided by Lexical Semantics, a field whose analysis and metalanguage are useful in more carefully understanding verbal semantic composition. We also resort to VerboWeb, an online platform organized by NuPeS (the Lexical Semantics research group at the Federal University of Minas Gerais), as a database and model for describing and classifying the BP verbal items. This platform features over 1,400 BP verbs, described and classified according to their syntactic and semantic characteristics. Our considerations on the relation between syntax and semantics in subject topic sentences have demonstrated that certain well-formedness constraints in the data are tied to verbal properties. One example is the absence of the external argument projection, which is related to verbal semantic properties, since this absence is made difficult or even limited by aspects of the sense denoted by some verbal items. Finally, this discussion allows us to ponder on the concepts of grammatically and acceptability. According to our analyses, some sentences are badly formed not due to syntactic constraints, but rather due to semantic ones. We then related these observations to those two concepts of well-formedness. In short, this work sheds some light on the concept of subject topic found in the literature on BP syntax and promotes considerations on the relation between semantic properties of lexical items and the syntactic possibilities of language
Subject: Língua portuguesa - Brasil - Sintaxe
Gramática comparada e geral - Sintagma nominal
Língua portuguesa - Semântica
Lingua portuguesa - Lexicologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SANT'ANNA, Marcos Felipe Martins de. Propriedades sintáticas e semânticas das construções de tópico-sujeito no português brasileiro. 2020. 1 recurso online (135 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Sant'Anna_MarcosFelipeMartinsDe_M.pdf634.99 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.