Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/357493
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Análise do controle motor de músculos mastigatórios em indivíduos com e sem bruxismo durante a tarefa de mordida incisiva
Title Alternative: Motor control analysis in individuals with and without bruxism during the incisal bite task
Author: Moreira, Luciana Sobral, 1985-
Advisor: Palomari, Evanisi Teresa, 1960-
Abstract: Resumo: O bruxismo é uma desordem do movimento caracterizada pela atividade repetitiva diurna e/ou noturna dos músculos mastigatórios, que resulta no ato de ranger e apertar os dentes. Este estudo teve por objetivo identificar potenciais biomarcadores nos sinais biológicos associados ao controle motor dos músculos temporal e masseter, importantes elevadores da mandíbula, de voluntárias com e sem diagnóstico clínico de bruxismo durante tarefas de mordida incisiva. Para o estudo foram realizados dois tipos de experimentos, um para a validação do aparato experimental usado para a medição da força de mordida incisiva (experimento 1), e outro para o estudo do controle motor dos músculos mastigatórios (experimento 2). No experimento 1 foram coletados, especificamente, os sinais de força durante as tarefas de mordida incisiva com contração isométrica constante em diferentes intensidades de força (5%, 10%, 15% e 20% da contração voluntária máxima). Os sinais de força de mordida foram coletados em 7 voluntárias saudáveis, em dois dias de avaliação, o primeiro e o sétimo dia. Para a análise dos dados foram obtidos os índices de correlação intraclasse para a comparação das variáveis entre os dois dias de avaliação, os quais mostraram uma confiabilidade substancial para a maioria das variáveis, mostrando que o aparato usado para a medição do sinal de força de mordida é confiável para este tipo de estudo. Para o experimento 2 foram coletados, simultaneamente, além do sinal de força de mordida, o eletromiograma de superfície dos músculos temporal e masseter, bilateralmente, durante as tarefas motoras equivalentes às descritas acima para o experimento 1, além das tarefas com modulações da força (com trajetória em dois tipos de rampas e combinação de senóides). Neste experimento, as voluntárias foram divididas em grupos controle (11) e com diagnóstico clínico de bruxismo (11), e os resultados pontuaram um importante achado, a dificuldade das voluntárias do grupo com bruxismo para modular o sinal da força com potência em baixa frequência (LP 0,37Hz) na tarefa de força de mordida com trajetória em senóides. Portanto, consideramos que a modulação senoidal do sinal de força de mordida incisiva em 0,37Hz pode ser um potencial biomarcador para o diagnóstico do bruxismo

Abstract: Bruxism is a movement disorder characterized by a repetitive activity of the masticatory muscles, which results in grinding and clenching. The aim of this study was to identify potential biomarkers in biological signals associated with the motor control of temporalis and masseter muscles (jaw elevators) during incisal bite tasks performed by volunteers with and without clinical diagnosis of bruxism. This study encompassed two types of experiments, one for the validation of the experimental apparatus used for measuring incisal bite force (experiment 1), and the other for the study of motor control of masticatory muscles (experiment 2). In experiment 1, force signals were specifically collected during incisal bite tasks with constant isometric different contraction intensities (5%, 10%, 15%, and 20% of maximum voluntary contraction). The bite force signals were collected from 7 healthy volunteers in two assessment days, the first and the seventh day. For data analysis, intraclass correlation coefficients were obtained to compare the variables between the two days, and showed substantial reliability for most variables, thereby showing that the apparatus used for the measurement of the bite force signal is reliable for this type of study. For experiment 2, in addition to the bite force signal, the surface electromyogram of the temporalis and masseter muscles were collected simultaneously during the motor tasks equivalent to those described above for experiment 1, and in the tasks with force modulation (with trajectory in two types of ramps, and sum of sinusoids). In the latter experiment, the volunteers were divided in two groups, control (11) and clinically diagnosed with bruxism (11), and the key finding was that volunteers from the bruxism group had difficulties in modulating low-frequency power force signal (LP 0.37Hz) in the sinusoidal bite task trajectory. Therefore, we consider that the sinusoidal modulation of the 0.37Hz of incisal bite force signal would be a potential biomarker for bruxism diagnosis
Subject: Bruxismo
Músculos mastigatórios
Músculo masseter
Força de mordida
Eletromiografia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MOREIRA, Luciana Sobral. Análise do controle motor de músculos mastigatórios em indivíduos com e sem bruxismo durante a tarefa de mordida incisiva. 2019. 1 recurso online ( 113 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Moreira _LucianaSobral_D .pdf6.4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.