Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/357488
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: História filogeográfica da borboleta Heliconius erato phyllis (Lepidoptera : Nymphalidae: Heliconiini) na Mata Atlântica
Title Alternative: Phylogeographic history of the butterfly Heliconius erato phyllis (Lepidoptera: Nymphalidae: Heliconiini) in the Atlantic Forest
Author: Machado, Patrícia Avelino, 1990-
Advisor: Freitas, André Victor Lucci, 1971-
Abstract: Resumo: Apesar de megadiversa e com altas taxas de endemismo, a Mata Atlântica (doravante MA) é um dos biomas mais ameaçados do mundo. Quase cinco séculos de degradação antrópica resultaram em enorme perda de habitat e fragmentação da floresta, reduzindo a MA a menos de 11% de sua cobertura original. Os estudos filogeográficos neste bioma podem contribuir para responder a perguntas importantes sobre a evolução de sua biota, bem como sobre a relação da história geológica do bioma e a distribuição de espécies em suas diferentes formações. Neste contexto, estudos com borboletas há muito contribuem para a compreensão sobre padrões evolutivos e ecológicos em diferentes biomas e podem auxiliar para o conhecimento sobre a evolução da MA. A borboleta Heliconius erato phyllis ocorre em toda a MA, incluindo localidades com alta heterogeneidade climática e de vegetação. O entendimento dos padrões de distribuição da sua variabilidade genética em diferentes domínios climáticos da MA, e de possíveis barreiras climáticas e geográficas para sua ocorrência neste bioma, é altamente relevante para entender a evolução tanto da espécie quanto da grande biodiversidade e endemismo da MA. Neste estudo, investigamos dados de sequências de mtDNA de 378 indivíduos de 68 localidades da MA. Os resultados indicam uma alta estruturação genética entre as populações (FST = 0,34, p < 0,001), com uma correlação significativa entre as distâncias geográficas e genéticas (teste de Mantel, r = 0,322, p < 0,001). A análise de Hierarquia Populacional indicou cinco clusters genéticos que compartilham maior informação genética entre eles. A rede de haplótipos também recuperou cinco grandes haplogrupos de indivíduos que compartilham mais haplótipos entre si do que com indivíduos de outros grupos. Cada haplogrupo está associado a três regiões diferentes da MA: Nordeste, Sudeste e Sul. Esses resultados sugerem que barreiras climáticas (presentes ou passadas) contribuíram para a estrutura genética atualmente encontrada em H. erato phyllis

Abstract: Despite being megadiverse and with high rates of endemism, the Atlantic Forest (hereafter AF) is one of the most threatened biomes in the world. Almost five centuries of anthropic degradation led to habitat loss and forest fragmentation, reducing the AF to less than 11% of its original coverage. Phylogeographic studies in this biome can contribute to answering important questions about the evolution of its biota, the relation of the latter with the AF geological history, and about the distribution of species in its different formations. In this context, studies with butterflies have long contributed to the understanding of evolutionary and ecological patterns in different biomes and can assist in understanding the evolution of the AF. Heliconius erato phyllis butterfly occurs throughout the AF, including locations with high climatic and vegetation heterogeneity. The understanding of the distribution patterns of its genetic variability in different climatic domains of the AF, and possible climatic and geographical barriers to its occurrence in this biome, is highly relevant to understand the evolution of both the species and the great biodiversity and endemism of this biome. In this study, we present data obtained from mtDNA COI sequences of 378 individuals from 68 AF localities throughout its distribution. Our results indicate a high genetic structure among populations (FST = 0.34, p = < 0.001), with a significant correlation between geographic and genetics distances (Mantel test, r = 0.322, p < 0.001). The Population Hierarchy analysis indicated five genetic clusters that share more genetic information between them. The haplotype network also recovered five large haplogroups of individuals who share more haplotypes among themselves than with individuals from other groups. Each haplogroup is associated with three different AF regions: Northeast, Southeast and South regions. These results combined evaluated suggest that climatic barriers (present or past) have contributed to the genetic structure currently found in H. erato phyllis
Subject: Filogeografia
DNA mitocondrial
Borboleta - Mata Atlântica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MACHADO, Patrícia Avelino. História filogeográfica da borboleta Heliconius erato phyllis (Lepidoptera : Nymphalidae: Heliconiini) na Mata Atlântica. 2020. 1 recurso online ( 62 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Machado_PatriciaAvelino_M .pdf2.72 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.