Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/357440
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Da formação ao ato pedagógico : caminhos do ensino da escrita em língua portuguesa por professores timorenses
Title Alternative: From education to teaching : choices made by timorese teachers when teaching writing in portuguese
Author: Guimarães, Joice Eloi, 1982-
Advisor: Fiad, Raquel Salek, 1948-
Abstract: Resumo: Esta tese tem como foco o ensino da escrita em língua portuguesa no contexto multilíngue de Timor-Leste. No âmbito dessa discussão, o objetivo principal da pesquisa realizada foi analisar, com base em enunciados de 10 professores timorenses, o que estrutura e como se desenvolve o ensino da escrita em português em algumas escolas localizadas na capital do país, Díli. O critério de escolha dos professores participantes desta pesquisa foi a experiência com o ensino de língua portuguesa em turmas do 2º ciclo do ensino básico de Timor e a formação para a docência (concluída ou em andamento no momento de realização desta pesquisa) no Departamento de Formação de Professores do Ensino Básico da Universidade Nacional de Timor Lorosa¿e (UNTL), Classes Regular ou de Extensão. No âmbito desta pesquisa, a ação pedagógica é compreendida como construto do diálogo que o docente estabelece ao longo da vida com as inúmeras vozes sociais com as quais interage, seja em suas vivências particulares, ou naquelas específicas da sua profissão. Assim, na análise dos enunciados dos professores timorenses acerca de suas práticas visando à produção de textos escritos em português em contexto escolar foi necessário levar em conta elementos como: (i) as valorações que atribuem à obrigatoriedade do ensino de português e à prática da escrita nessa língua nas escolas; (ii) as práticas de letramento de que participaram no ambiente escolar quando da posição de alunos, na escola ou na formação docente e (iii) as orientações curriculares para o ensino da escrita presentes nos currículos para o 2º ciclo do ensino básico de Timor-Leste. O conjunto de dados gerados foi dividido em: dados principais, enunciados orais, produzidos em entrevistas gravadas e posteriormente transcritas; e dados secundários, atividades e registros escritos no curso de extensão realizado durante a etapa empírica da pesquisa. A fundamentação teórico-metodológica que orientou o olhar sobre esses dados tem como base a teoria do dialogismo de Bakhtin e demais autores integrantes de seu Círculo (BAKHTIN, 1998; 2011; VOLÓCHINOV, 2018). No grande diálogo que se estabelece no processo de atribuição de sentidos aos enunciados dos professores, traço característico da pesquisa qualitativa-interpretativa (MOITA-LOPES, 1994), são trazidos à baila temas que emergem na discussão sobre o ensino de português em Timor-Leste, como a construção e manutenção de identidades-linguísticas em contexto pós-colonial, o ensino linguístico em cenário multilíngue e as políticas linguísticas em ação nesse contexto. A análise dos enunciados dos professores mostrou que o desenvolvimento da ação pedagógica com vistas ao ensino da escrita em português em Timor-Leste é orientado, em grande medida, pela valorização positiva que essa língua tem na sociedade timorense. Na esfera escolar, vê-se que essa valorização adquire contornos específicos, como o status de língua da ciência e da escrita ¿ o que confere à prática da escrita em LP reconhecimento no que diz respeito ao saber legitimado nesse ambiente. No campo metodológico, os enunciados dos professores indicam estabilidade no ensino da escrita em português nas escolas de Timor-Leste, pois, observa-se uma recorrência às práticas de letramento que participaram da posição de alunos, as quais se constituem para eles como verdadeiros modelos de ensino da escrita. Essa recorrência deixa à mostra a existência de lacunas no processo formativo desses sujeitos, pois denota que os subsídios que recebem para o desenvolvimento da ação pedagógica nesse sentido, provenientes da formação e das orientações curriculares, não estão alterando de maneira significativa as suas práticas, pois, por vezes, atuam no sentido de ratificar aquelas mesmas que eles já conhecem. Assim, no cumprimento do papel social de professor de português em Timor-Leste, ao solicitar que seus alunos escrevam textos em português, os professores timorenses recorrem àquilo que reconhecem como modelos de escrita nesse ambiente, gêneros escolares tradicionais, e práticas reconhecidas no campo do ensino da língua, como a ênfase na gramática. Essas práticas que, muitas vezes, se constituem como único recurso de que os professores dispõem para desenvolver sua ação pedagógica com o ensino da escrita, ao darem ênfase à estrutura da língua, acabam por reforçar, na esfera educativa timorense, a valoração positiva da língua que dispõe de um sistema normativo estabilizado, o que acentua um parâmetro que atribui ao português um lugar hegemônico no cenário multilíngue timorense

Abstract: This Doctoral dissertation focuses on the teaching of writing in Portuguese in the multilingual context of East Timor. Within the scope of this discussion, the main objective of the present research was to analyze, based on utterances of 10 Timorese teachers, the structure and development of the teaching of writing in Portuguese in some schools located in Dili, the country's capital. Teachers who were selected to participate in this research had previous experience in teaching Portuguese in the 2nd cycle graders in elementary schools in Timor, and either had or were pursuing a degree in teaching from the Department of Elementary Teacher Education at the National University of Timor Lorosa'e (UNTL), in Regular or Extension Classes. In this research, pedagogical action is seen as a construct of the dialog between teachers and the countless social voices they interact with throughout their life, whether in their personal or teaching-related experiences. For an analysis of the utterances of East Timorese teachers about their practices to teach writing in Portuguese at school, some elements had to be taken into account, namely: (i) their opinions and beliefs about the mandatory teaching of Portuguese and the practice of writing in that language in schools; (ii) the literacy practices they experienced when they were school students or teacher education undergraduates and (iii) the guidelines for the teaching of writing present in the curricula for the 2nd cycle of basic education in East Timor. Two types of data were collected: primary data, i.e., oral utterances, produced in interviews that were audio-recorded and then transcribed; and secondary data, that is, activities and written records produced in an extension course they attended during the empirical stage of the research. The major theoretical and methodological framework used for data analysis was the concept of dialogism, introduced by Bakhtin and other authors who were part of his Circle (BAKHTIN, 1998; 2011; VOLÓCHINOV, 2018). During the process of attributing meanings to teachers¿ utterances, which is a distinctive feature of qualitative-interpretative research (MOITA-LOPES, 1994), some central themes have emerged from the discussion on the teaching of Portuguese in East Timor; for example, the construction and maintenance of language identities in a post-colonial context, language teaching in a multilingual setting, and language policies currently implemented in that context. The analysis of the teachers' utterances showed that the pedagogical action that is performed with a view to teaching writing in Portuguese in East Timor, to a large extent, is grounded on the high valuation set on this language by Timorese society. In the school environment, this valuation takes on particular contours. For instance, Portuguese has the status of language of science and writing; for this reason, the practice of writing in Portuguese is recognized as prestigious knowledge in this environment. As far as teaching methods are concerned, the teachers¿ utterances indicate a stable approach to teaching of writing in Portuguese in East Timorese schools, i.e., they tend to apply the same literacy practices they had experienced as students, because they consider them as true models for the teaching of writing. This recurrence unveils the existence of gaps in their teacher education, because it indicates that the input provided to teachers for development of pedagogical action, stemming from teacher education and curriculum guidelines, is not significantly modifying their practices; rather, such input ratifies the practices that are already familiar to them. In other words, when playing the social role of Portuguese teachers in East Timor, and asking their students to write texts in Portuguese, East Timorese teachers resort to familiar models of writing, traditional school genres, and well-accepted practices in the field of language teaching, e.g., emphasis on grammar. These practices are often the only resource available for teachers to develop their pedagogical action in order to teach writing. Because they emphasize the grammatical structure of language, such practices ultimately reinforce, in the Timorese educational system, the high valuation of Portuguese, whose regular normative system enhances a parameter that gives Portuguese a hegemonic status in the Timorese multilingual scenario
Subject: Língua portuguesa
Escrita - Estudo e ensino
Professores - Formação - Timor Leste
Política linguística
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GUIMARÃES, Joice Eloi. Da formação ao ato pedagógico : caminhos do ensino da escrita em língua portuguesa por professores timorenses . 2020. 1 recurso online ( 236 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Guimaraes_JoiceEloi_D .pdf2.78 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.