Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/355868
Type: Artigo
Title: Variation of photosynthesis and carbohydrate levels induced by ethephon and water deficit on the ripening stage of sugarcane
Title Alternative: Variação da fotossíntese e dos teores de carboidratos induzidos por etefom e déficit hídrico na fase de maturação da cana-de-açúcar
Author: Roberto, Guilherme Garcia
Cunha, Camila
Gabriel Sales, Cristina Rodrigues
Silveira, Neidiquele Maria
Ribeiro, Rafael Vasconcelos
Machado, Eduardo Caruso
Magalhaes Andrade Lagoa, Ana Maria
Abstract: An important index for the ethanol industry is the sucrose yield in sugarcane, which is affected by plant ability to accumulate sucrose during ripening. Despite the known efficiency of treatments such as water restriction and the application of regulators to stimulate the sucrose storage in culms, little is known about the physiological responses of the plant that lead to ripening. In this context, the aim of this study was to evaluate the physiological responses of sugarcane to different ripening treatments. Two varieties, IACSP95-5000, with high yield, and IACSP94-2094, with moderate yield were subjected to water deficit or application of chemical regulator (ethephon 480 g ha(-1)) and both treatments associated. Growth, accumulation of carbohydrates in leaves and culms were measured. It can be concluded that the effects of ethephon on sugarcane are genotype-dependent. Ethephon stimulates sucrose accumulation in the culm and the photosynthate supply by the source in the responsive variety (IACSP95-5000). Such effects are not associated with growth restriction. In relation to the drought combined with the application of ethephon, the responsive variety shows increased sucrose content in culm at the same level as when ethephon is applied alone, hence treatments have no additive effects on sugarcane ripening
metadata.dc.description.abstractalternative: Um importante índice para a indústria sucroalcooleira é a produtividade de sacarose em cana-de-açúcar, que pode ser relacionada à capacidade da planta em acumular sacarose durante a maturação. Apesar de se conhecer a eficiência de tratamentos como a restrição hídrica e a aplicação de reguladores para estimular o acúmulo de sacarose nos colmos, pouco se conhece sobre as respostas fisiológicas da planta que levam à maturação. Nesse contexto, o objetivo deste estudo foi avaliar as respostas fisiológicas da cana-de-açúcar a diferentes tratamentos indutores de maturação e, assim, compreender melhor a fisiologia desse processo. Duas variedades, a IACSP95-5000, de alta produtividade, e a IACSP94-2094, de produtividade moderada, foram submetidas ao déficit hídrico, à aplicação de regulador químico (etefom 480 g ha–1) e aos dois tratamentos associados. Foram medidos o crescimento, a concentração de carboidratos em folhas e colmos e as trocas gasosas. Concluiu-se que o efeito do etefom em cana-de-açúcar é genótipo-dependente, estimulando o acúmulo de sacarose no colmo e o suprimento de fotoassimilados pela fonte na variedade responsiva (IACSP95-5000). Tais efeitos não são associados à restrição do crescimento. Em relação à aplicação dos tratamentos de déficit hídrico e etefom associados, a variedade responsiva apresenta aumento no teor de sacarose no colmo nos mesmos níveis apresentados quando apenas etefom é aplicado, de modo que os tratamentos não apresentam efeitos aditivos na maturação da cana-de-açúcar
Subject: Cana-de-açúcar
Country: Brasil
Editor: Instituto Agronômico
Rights: Aberto
Identifier DOI: 10.1590/1678-4499.0062
Address: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87052015000400379
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IB - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000366056100003.pdf1.07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.