Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/355787
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: As faces da meritocracia
Title Alternative: Facets of meritocracy
Author: Martinez, Mônica Miliani, 1982-
Advisor: Possenti, Sírio, 1947-
Abstract: Resumo: Esta dissertação analisa as ocorrências do termo "meritocracia" e suas variantes no universo discursivo brasileiro contemporâneo, em um recorte temporal de 2014 até 2020. Para isso, embasa-se na Análise do Discurso, particularmente, nas noções de fórmula discursiva, conforme proposta por Alice Krieg-Planque (2010, 2018), cujos trabalhos se inserem na Análise do Discurso de orientação francesa, e da estreita relação entre discurso e poder (FOUCAULT, 2014, 2017). O corpus, organizado a partir das ocorrências da unidade lexical simples citada, é constituído por artigos, editoriais, gêneros das mídias impressa, online, como notícias, campanhas e charges. A questão fundamental da pesquisa diz respeito ao estatuto de "meritocracia" tendo em vista as quatro propriedades constitutivas da fórmula ¿ ter um caráter cristalizado, inscrever-se em uma dimensão discursiva, funcionar como referente social e ser objeto de polêmica. Os objetivos são analisar em que medida "meritocracia" funciona como um "lugar" privilegiado para "compreender a forma como os diversos atores sociais organizam, por meio dos discursos, as relações de poder e de opinião" (KRIEG-PLANQUE, 2010, p. 9) e autorizar ou não essa expressão como fórmula no corpus selecionado. A principal conclusão é que há dois semas que disputam os sentidos de "meritocracia", /obstáculo/ e /justiça/, bem como seus respectivos simulacros, /privilégio/ e /vitimismo/, pois as reformulações acontecem em meio a uma intensa polêmica, indicativa da relação interdiscursiva e da gênese de um discurso sobre o mérito

Abstract: This dissertation analyzes the occurrences of the syntagma "meritocracy" and its variants in Brazilian contemporary discursive universe, in a time frame from 2014 to 2020. To do so, it¿s based on the notion of "formula" as proposed by Alice Krieg-Planque (2010, 2018), whose works are included in French Discourse Analysis, and the close relationship between discourse and power (FOUCAULT, 2014, 2017). The corpus, organized from the circulation of the mentioned syntagma, consists of texts from different genres: articles, editorials, print media (newspapers and magazines), online media (news, advertising campaign, cartoons, and others). The first question concerns to the status of "meritocracy" as a discursive formula, considering the four constitutive features of the formula: to have a crystallized character, to have a discursive dimension, to be a social referent, and to be object of polemics. The main goal is to analyze how "meritocracy" can become a "special place to understand how the various social actors organize, through the discourses, relations of power and opinion" (Krieg-Planque, 2010, p. 9) and, at the same time, how it can take part in a process of social acceptability of it. The main conclusion is that there are two semas that dispute the meaning of "meritocracy", /obstacle/ and /justice/, as well as their respective simulacrums, /privilege/ and /victimism/, because the reformulations happen in the midst of as intense controversy, indicative of the interdiscursive relationship and the genesis of a discourse on merit
Subject: Análise do discurso
Meritocracia
Fórmula discursiva
Polêmica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MARTINEZ, Mônica Miliani. As faces da meritocracia . 2020. 1 recurso online ( 150 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Martinez_MonicaMiliani_M.pdf11.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.