Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/355020
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: No curso do silêncio, do espaço e do tempo : status significante
Title Alternative: In the course os silence, space and time : significant status
Author: Barbosa, André Silva, 1988-
Advisor: Orlandi, Eni de Lourdes Puccinelli, 1942-
Abstract: Resumo: Nosso principal objetivo, foi apreender teoricamente edificações arquitetônicas (como uma casa, uma rua, um bairro, etc.) enquanto formas materiais, práticas discursivas: discurso que se materializa no espaço, mas que, ao fazê-lo, se constitui ainda nas instâncias do silêncio e do tempo. Para isso, partindo do nosso campo disciplinar, a análise de discurso ¿ cujas bases foram desenvolvidas por Michel Pêcheux, na França, e por Eni Orlandi, no Brasil ¿ em diálogo com autores da geografia, elencando noções como "espaço" e "lugar" (YI-Fu Tuan), nos propusemos a apreendê-las em uma relação com o "silêncio fundador" e a "linguagem" (Orlandi). Tais reflexões, nos levaram a estabelecer conceitos próprios, de "espaço continuum" e de "status significante": o primeiro definido por nós como "a matéria espacial por excelência", a possibilidade absoluta para o dimensionamento e o movimento de sujeitos e objetos pelo espaço; o segundo como "a materialidade específica do recorte do continuum espacial", o enquadramento significante que determina as práticas no espaço. Considerando novamente o espaço e as edificações arquitetônicas em paralelo com o silêncio e a linguagem, desta vez pela relação destes com o "aevum" e o "tempus" (São Tomás), tal como trabalhada por Orlandi, apreendemos ainda o espaço continuum e o status significante em ligação com o continuum temporal e o tempo marcado. Entre discussões teóricas e análises, formulamos a nossa compreensão sobre como uma edificação arquitetônica, isto é, um conjunto de mecanismos formais composto por materiais (como concreto, asfalto), formas (retas, curvas), tamanhos (altura, extensão), localização (coordenada X, Y) e orientação (direção Norte, Leste): se constitui em uma materialidade tripla, feita de "constructio" (conjunto de mecanismos formais), de "linguagem" (inscrição desses mecanismos na história, constituição deste conjunto pela memória discursiva) e de "tempus" (efeitos de sentidos de tempo, produzidos pela linguagem singular do status); irrompendo, simultaneamente, no espaço, no silêncio e no tempo, enquanto status, determinando o movimento de sentidos, sujeitos e objetos, no batimento entre continuum e clivagem, curso e discurso. Esta abordagem, nos possibilitou realizar outro objetivo amplo: analisar determinações das maneiras de construir edificações arquitetônicas em variadas épocas e sociedades. Primeiramente, tratamos de status constituídos na antiguidade, sob a determinação do "processo discursivo dominante" (Pêcheux) que nomeamos como cosmológico/religioso, considerando os sentidos prevalescentes em seus "domínios semânticos". Por fim, analisamos as principais formas de produzir status no "estado" atual das "condições de produção", as quais, dadas de acordo com o processo discursivo capitalista, predominante nos dias de hoje, são determinadas por sentidos como os de maximização de lucros, intensificação da circulação e potencialização da velocidade. Compreendemos ainda que este modo dominante de constituir status e de determinar o fluxo espacial-semântico-temporal atualmente, no âmbito da cidade, é realizado pelo que Orlandi conceitua como "organização urbana", pelo "discurso (do) urbano": assim, o concebemos como "mobilidade (urbana)". Por outro lado, entendemos que as determinações e as práticas de deslocamento no espaço, no silêncio e no tempo, que (r)existem na contemporaneidade, são produzidas pelo que a autora coloca como "ordem", pelo "discurso da cidade": por isso, os definimos como "movimento (da cidade)"

Abstract: Our main goal was to theoretically aprehend architectural buildings (such as a house, a street, a neighboorhood etc.) as material forms and discursive practices: discourse that materializes itself in space and that, by doing so, still constitutes itself in the instances of silence and time. In order to to that, starting from our disciplinary field, Discourse Analisys ¿ developed from the work of Michel Pêcheux in France and Eni Orlandi in Brazil ¿ and in dialogue with authors from the fild of Geography, going through the notions of "space" and "place" (YI-Fu Tuan), we proposed to aprehend them regarding "founding silence" and "language" (Orlandi). These reflections brought us to establish our own concepts, "space continuum" and "significant status": the first is defined as "ultimate spacial matter", the absolute possibility of sizing and movement of subjects and objects in space; and the second as "the specific materiality of the space continuum cutout", the significant framework that determines practices in space. So, considering once again space and architectural buildings in paralel with silence and language, this time by its relationship with "aevum" and "tempus" (Saint Thomas), following the concepts of Orlandi, we aprehended the space continuum and the significant status regarding the temporal continuum and marked timing. From theoretical discussions and analisys, we formulate our comprehension of how and architectural building, as a set of formal mechanisms made of materials (such as concrete and asphalt), shapes (straight lines, curves), sizes (height, extension), location (cordinate X, Y) and orientation (North, East), constitutes itself as a triple materiality, made up of "constructio" (a set of formal mechanisms), language (the inscription of those mechanisms in History, a constitution of this set by discursive memory) and "tempus" (effects of meaning of time, produced by the singular language of the status); breaking out simultaneously in space, silence and time, as a status, determining the movement of senses, subjects and objects, in the cadence between continuum and cleavage, course and discourse. This approach allowed us to accomplish another broad objective: to analyse the determination of the ways to constructo architectural buildings in different periods and societies. First, we looked at ancient statuses, under the determination of the "dominant discursive process" (Pêcheux), that we named as cosmological/religious, considering the prevailing meanings in their "semantic dominions". Lastly, we analysed the main ways of producing status in the current state of the "production conditions", which are set by the currently predominant capitalist discursive process, and are determined by the meanings such as the maximization of profit, intensification of circulation and potentiation of velocity. We understand that this dominant way of creating status and determining the spacial/semantic/temporal flux, currently, in the scope of the city, is realized by what Orlandi conceptualizes as "urban organization" and "urban discourse". Thus, we conceive it as "(urban) mobility". On the other hand, we understand that the determinations and practices of displacement in space, silence and time, that exist/resist in current times, are produced by what the author names "order" and "city discourse". For that reason, we define it as "(city) movement"
Subject: Análise do discurso
Espaço (Arquitetura)
Silêncio
Tempo
Cidade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: BARBOSA, André Silva. No curso do silêncio, do espaço e do tempo: status significante. 2020. 1 recurso online (283 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Barbosa_AndreSilva_D.pdf15.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.