Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/354866
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Emoção e imaginação no trabalho com crianças pequenas na educação infantil : um estudo exploratório com base nas ideias de Vigotski
Title Alternative: Emotion and imagination in working with young children in early childhood education : an exploratory study based on Vygotsky's ideas
Author: Fracetto, Patrícia, 1994-
Advisor: Magiolino, Lavínia Lopes Salomão, 1977-
Abstract: Resumo: Esta pesquisa se insere nas áreas da Psicologia e da Educação e tematiza a relação entre emoção e imaginação no desenvolvimento infantil, a partir das ideias de L. S. Vigotski. Objetivou-se, neste estudo, compreender e analisar indícios de processos desenvolvimentais que abrangem a emoção e a imaginação no trabalho com crianças muito pequenas, com enfoque em brincadeiras, dramatizações e contações de histórias. Num desdobramento desse objetivo mais geral, pretendeu-se também: 1. explorar indícios da relação entre emoção, imaginação e realidade por meio de atividades que envolveram brincadeira, contação de história e dramatização; 2. analisar situações empíricas que deram visibilidade à produção indicial do signo emocional comum; 3. refletir criticamente a respeito dos entraves para promoção de situações pedagógicas favoráveis à emergência de processos criadores no contexto educacional, bem como de suas implicações para o desenvolvimento da criança muito pequena. Metodologicamente, optou-se pela realização de uma pesquisa-ação-participativa, com videogravação de episódios elucidativos da temática investigada, a partir da análise microgenética dos dados. Para tanto, foram realizadas oito oficinas temáticas com uma turma de crianças de um ano e meio a três anos de idade, em uma instituição de educação infantil localizada em uma cidade do interior do estado de São Paulo. Essas oficinas envolveram ainda a professora e duas agentes de educação infantil. A análise do material focalizou a discussão conceitual dos seguintes aspectos: a) a função combinatória da imaginação em sua relação com a realidade e com a experiência da criança muito pequena; b) o processo de criação e de transformação do significado dos objetos a partir da interação criança-criança e criança-adulto; c) os indícios da relação entre imaginação e emoção no processo de imitação/criação infantil; d) a complexidade dos processos emocionais em sua relação com a imaginação e a realidade, considerando o papel central da significação nesse processo. As situações empíricas vivenciadas ao longo da pesquisa promoveram reflexões importantes acerca do contexto educacional e de sua relação com os processos desenvolvimentais das crianças investigadas. Destacou-se a postura ativa dos adultos na mediação das atividades realizadas nas interações entre crianças, tanto para incentivar quanto para coibir processos emocionais e imaginativos, tendo em vista a organização do trabalho pedagógico. A delimitação teórica sobre a temática, atrelada à investigação empírica, colaborou para o adensamento de reflexões no campo da educação e da psicologia, na medida em que apontam para processos desenvolvimentais complexos que envolvem a imaginação e a emoção na educação infantil e que precisam ser considerados para redimensionamento dos fundamentos, conceitos e práticas pedagógicas

Abstract: This research is inserted in the areas of Psychology and Education focusing on the relationship between emotion and imagination in child development, based on the ideas of L. S. Vygotsky. This study aimed to understand and analyze evidence of developmental processes that involve emotion and imagination in working with very young children, focusing on play, dramatizations and storytelling. In an unfolding of this more general objective, the intention was also to: 1- explore evidence of the relationship between emotion, imagination and reality through activities that involved play, storytelling and dramatization; 2- analyze empirical situations that gave visibility to the index production of the common emotional sign; 3- reflect critically on the obstacles to the promotion of pedagogical situations favorable to the emergence of creative processes in the educational context, as well as their implications for the development of very young children. Methodologically, it was opted for conducting a participatory action-research, with video recording of explanatory episodes of the investigated theme, based on a microgenetic analysis of the data. For this purpose, eight thematic workshops were held with a group of children from one and a half to three years old, in a child education institution located in a city in the interior of the state of São Paulo. These workshops also involved the teacher and two child education agents. The analysis of the material focused on the conceptual discussion of the following aspects: a) the combinatorial function of the imagination in its relationship with reality and with the experience of the very young child; b) the process of creating and transforming the meaning of objects based on the child-child and child-adult interaction; c) evidence of the relationship between imagination and emotion in the child imitation / creation process; d) the complexity of emotional processes in their relationship with imagination and reality, considering the central role of meaning in this process. The empirical situations experienced throughout the research promoted important reflections about the educational context and its relationship with the developmental processes of the investigated children. It can be highlighted the active posture of adults in mediating the activities performed in the interactions between children, both to encourage and to restrain emotional and imaginative processes, with a view to organizing pedagogical work. The theoretical delimitation on the theme, linked to empirical research, contributed to the densification of reflections in the field of education and psychology, insofar as they point to complex developmental processes that involve imagination and emotion in education that need to be considered in order to resize the foundations, concepts and pedagogical practices
Subject: Educação infantil
Perspectiva histórico-cultural
Desenvolvimento infantil
Emoções
Imaginação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FRACETTO, Patrícia. Emoção e imaginação no trabalho com crianças pequenas na educação infantil : um estudo exploratório com base nas ideias de Vigotski. 2020. 1 recurso online ( 108 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fracetto_Patricia_M.pdf1.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.