Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/354583
Type: Artigo
Title: Production and spray drying of protein hydrolyzate obtained from tilapia processing by-products
Title Alternative: Produção e secagem por atomização de hidrolisado proteico, obtido de coprodutos do processamento de tilápia
Author: Paris, Leandro Daniel de
Haab, Júlio César Adams
Sary, Cesar
Bernardi, Daniela Miotto
Boscolo, Wilson Rogério
Signor, Altevir
Abstract: In the last few decades, the offer of by-products obtained from the processing of tilapia (Oreochromis niloticus) has increased, and the need for developing products with high biological and nutritional values for use in animal nutrition motivated this study. Enzymatic hydrolysis of carcass, head and skin of tilapia was performed, as well as the separation of oil, residual solids and soluble proteins by centrifugation at high temperature and the spray drying of the protein fraction. Factorial designs were employed in the assays to evaluate the operating conditions of the spray dryer (inlet and outlet temperatures and flow rate) and the inclusion of drying aid agents (maltodextrin and calcium carbonate). The spray drying showed the best results with air inlet temperature of 190ºC, outlet temperature of 90ºC, flow rate of 30 L·h-1 including 10% maltodextrin (mass) in the liquid feed as a drying aid. The final powder recovery was higher than 90% and the physical, chemical and microbiological analyses met the Brazilian legal standards
metadata.dc.description.abstractalternative: Nas últimas décadas é crescente a oferta de coprodutos produzidos pelo processamento de tilápia (Oreochromis niloticus). A necessidade de desenvolvimento de produtos com alto valor biológico e nutricional para emprego na alimentação animal motivou o desenvolvimento deste trabalho. Foram realizadas a hidrólise enzimática de carcaça, cabeça e pele de tilápia, a separação do óleo, dos sólidos residuais e da proteína solúvel por centrifugação a quente e a secagem da fração proteica por atomização. Foram empregados delineamentos fatoriais na condução dos ensaios, para avaliar as condições de operação do equipamento de secagem (temperaturas de entrada e saída da câmara de secagem e vazão de alimentação de líquido) e inclusão de adjuvantes de secagem (maltodextrina e carbonato de cálcio). A secagem por spray drier apresentou os melhores resultados com temperatura de entrada do ar na câmara de 190ºC, temperatura de saída de 90ºC, vazão de alimentação de líquido de 30 L·h-1 e inclusão de 10% de maltodextrina, em massa, no líquido, como adjuvante de secagem. A recuperação do produto final em pó foi superior a 90% e as análises físico-químicas e microbiológicas seguiram os padrões legais de comercialização do produto no Brasil
Subject: Hidrólise enzimática
Country: Brasil
Editor: EDUEM
Rights: Aberto
Identifier DOI: 10.4025/actascitechnol.v38i1.27639
Address: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciTechnol/article/view/27639
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FEA - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000373403900012.pdf1.35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.