Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/353759
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Estudo comparativo dos efeitos de heparinas de diferentes pesos moleculares no reparo de lesões na pele
Title Alternative: Comparative study of the heparin effects from different molecular weights on skin wound repair
Author: Viana, Natália Lopes, 1981-
Advisor: Tomiosso, Tatiana Carla
Abstract: Resumo: Desde a descoberta da heparina, muitos estudos têm sido feitos quanto à sua estrutura química e farmacológica, e vêm despertando interesse clínico pelo seu papel na cicatrização da pele por meio de sua aplicação tópica. Sua capacidade de interagir com proteínas e diversas moléculas da matriz extracelular determina sua contribuição para o reparo tecidual, apresentando propriedades anti-inflamatória e pró-angiogênica. A grande diversidade química da cadeia da heparina torna esta droga comercialmente distinguida em heparina de baixo peso molecular e heparina não fracionada originada de diferentes tecidos animais. Estas heparinas de diferentes fontes e diferentes pesos moleculares compreendem fármacos distintos e, portanto, podem apresentar diferentes respostas no processo de cicatrização, fazendo-se necessário um estudo comparativo dos seus efeitos no reparo tecidual da pele. Neste trabalho foi feita a comparação dos efeitos da heparina não fracionada de fontes bovina e suína e heparina de baixo peso molecular no tratamento de lesões na pele. A eficácia destas drogas foi avaliada a partir da realização de 4 lesões no dorso de 64 camundongos Swiss machos com 9 semanas de vida. Os animais foram distribuídos aleatoriamente em 4 grupos com 8 animais em cada: controle (CO) tratado apenas com o gel de vaselina 30% / lanolina 70%; heparina bovina (HPbov) tratado com heparina bovina adicionada ao gel de lanolina/vaselina; heparina suína (HPsui) tratado com heparina suína adicionada ao gel; heparina de baixo peso molecular (HBPM) tratado com heparina de baixo peso molecular adicionada ao gel. O procedimento cirúrgico envolveu anestesia prévia para a realização das lesões com o auxílio de punch dermatológico de 5 mm de diâmetro. As lesões foram tratadas topicamente por 3 e 7 dias, uma vez ao dia. Após a eutanásia, as lesões foram dissecadas para realização das seguintes análises: quantificação de mastócitos (azul de Toluidina), contagem de vasos sanguíneos (Tricrômico de Gômori), organização do colágeno (picrosirius red), atividade das enzimas mieloperoxidase e N-acetil-?-D-glicosaminidase, angiogênese pela dosagem do conteúdo de hemoglobina, e presença de metaloproteinases MMP-2 e MMP-9 por gel de zimografia. Os resultados evidenciaram que o grupo HPbov apresentou ação anti-inflamatória, bem como demonstrou efeito pró-angiogênico através do aumento do conteúdo de hemoglobina e vasos sanguíneos na lesão. O grupo HPsui obteve atividade angiogênica e organização do colágeno semelhantes ao CO, porém, elevou a atividade de MPO e de NAG. Além disso, a contração da lesão foi menor em relação a todos os grupos. Neste contexto, a HPsui não obteve bons efeitos no reparo de lesões na pele. O grupo HBPM apresentou propriedades anti-inflamatórias, semelhantes ao grupo CO. Também apresentou atividade pró-angiogenica pelo aumento de vasos sanguíneos e melhor organização do colágeno. Além disso, HBPM obteve melhor contração da lesão em relação aos demais grupos. Dentre as heparinas, a HPbov e a HBPM mostraram-se mais promissoras no reparo de lesões na pele

Abstract: Since the heparin discovery, many studies have been carried out regarding its chemical and pharmacological structure, and have aroused clinical interest for its role in skin wound healing through its topical application. Its ability to interact with proteins and various extracellular matrix molecules determines its contribution to tissue repair, presenting anti-inflammatory and pro-angiogenic properties. The different kinds of animal tissues sources of heparin and the chemical diversity of the heparin molecule makes this drug commercially distinct in unfractionated heparin (UFH) and low molecular weight heparin (LMWH). Thus, they comprise different drugs and, therefore, can present different wound healing responses. Thus, a comparative study of their effects on skin repair becomes necessary. In this work, a comparison was made about the effects of unfractionated heparin from bovine and porcine sources as well as low molecular weight heparin on skin lesions treatment. The effectiveness of these drugs was assessed by creating four wounds on the back of 64 Swiss mice, 9-week-old. The animals were randomly assigned into 4 groups with 8 animals each: control (CO) treated with 30% vaseline / 70% lanolin gel formulation; bovine heparin (HPbov) treated with bovine heparin added into the lanolin / vaseline gel; swine heparin (HPsui) treated with swine heparin added into the gel; low molecular weight heparin (LMWH) treated with low molecular weight heparin added into the gel. The surgical procedure involved prior anesthesia to perform the wounds with the aid of a dermatological punch of 5 mm in diameter. The lesions were treated topically for 3 and 7 days, once a day. After euthanasia, wound skin were dissected for the following analyzes: mast cells quantification (Toluidine blue), blood vessel count (Gomori's Trichrome), collagen organization (red picrosirius), enzyme activity of myeloperoxidase (MPO) and N-acetyl-? -D-glucosaminidase (NAG), angiogenesis by measuring the hemoglobin content, and the presence of metalloproteinases MMP-2 and MMP-9 by zymography gel. On the results, HPbov group showed anti-inflammatory action, as well as pro-angiogenic effect. The HPsui group obtained angiogenic activity and collagen organization similar to the CO, however, it increased the of MPO and NAG activity. In addition, presented less wound contraction compered to all groups. In this context, HPsui did not show good results on skin rwound repair. The LMWH group has showed similar anti-inflammatory properties to the CO group. It also showed pro-angiogenic activity and better collagen organization. In addition, LMWH obtained better wound contraction. Among heparins, HPbov and LMWH are the most promising drugs in the wound repair
Subject: Colágeno
Fibrose
Inflamação
Heparina
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: VIANA, Natália Lopes. Estudo comparativo dos efeitos de heparinas de diferentes pesos moleculares no reparo de lesões na pele. 2020. 1 recurso online (103 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Viana_NataliaLopes_D.pdf5.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.