Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/353714
Type: Artigo
Title: Visual impairment, rehabilitation and International Classification of Functioning, Disability and Health
Title Alternative: Deficiência visual, reabilitação e Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde
Author: Marissa Romano da Silva
Maria Inês Rubo de Souza Nobre
Keila Monteiro de Carvalho
Rita de Cássia Ietto Montilha
Abstract: Objective: To describe the characteristics of people with visual impairment who participated in the Visual Rehabilitation Groups, according to the ICD-10 and the International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF). Methods: Quantitative, cross-sectional survey, developed in a university rehabilitation research center between october and december 2012. The users from the Visual Rehabilitation Groups were invited; 13 of them agreed to participate. We performed an occupational therapy evaluation - with anamnesis, performance evaluation and functional vision assessment - an analysis of medical charts and patient description with the use of the ICF. Results: The major causes of visual impairment were diabetic retinopathy, glaucoma, optical neuritis and keratoconus. Some functions and structures of the body, performance and capabilities in activities and participation, environmental factors facilitators or limiters were highlighted in this study, allowing the description of the characteristics of each participant through the functionality and the improvement of the therapeutic planning. Assistive technologies, optical and nonoptical aids used and their everyday benefits were presented. Conclusion: Visual loss, at any level, led to functional impairments, limiting and restricting the participation and performance in everyday activities, interfering with the individuals' independence, autonomy and quality of life. However, the use of optical aids, non-optical aids and environmental adaptations proved to be beneficial for increasing the functionality, showing the influence of external factors on the performance. Knowing and recognizing the existence of diversities within the visual impairment universe allows us to understand who the treated individual is, avoiding the generalization by the visual condition. The ICF showed to have a fundamental role in this context
metadata.dc.description.abstractalternative: Objetivo: Descrever as características das pessoas com deficiência visual participantes de Grupos de Reabilitação Visual, segundo a CID-10 e a Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF). Métodos: Pesquisa quantitativa de corte transversal, desenvolvida em um centro universitário de pesquisas em reabilitação entre outubro e dezembro de 2012. Usuários de Grupos de Reabilitação Visual foram convidados, sendo 13 os que aceitaram participar. Foi realizada avaliação de terapia ocupacional – com anamnese, avaliação de desempenho e avaliação funcional da visão – consulta aos prontuários e a classificação dos participantes utilizando a CIF. Resultados: As principais causas de deficiência visual foram retinopatia diabética, glaucoma, neurite óptica e ceratocone. Algumas funções e estruturas do corpo, desempenho e capacidades em atividades e participação, fatores ambientais facilitadores ou limitadores foram destacados neste estudo, possibilitando descrever as características de cada participante por meio de sua funcionalidade e auxiliando no planejamento terapêutico. Tecnologias assistivas, auxílios ópticos e não ópticos utilizados e seus benefícios cotidianos foram apresentados. Conclusão: A perda visual, em qualquer nível, levou a prejuízos funcionais, limitando e restringindo a participação e o desempenho em atividades cotidianas, interferindo na independência, autonomia e qualidade de vida dos sujeitos. Entretanto, o uso de recursos ópticos, não ópticos, auxílios e adaptações ambientais mostraram-se benéficos para a ampliação da funcionalidade, evidenciando a influência de fatores externos no desempenho do indivíduo. Conhecer e reconhecer a existência da diversidade dentro do universo da deficiência visual possibilita entender quem é o sujeito atendido, evitando a generalização pela condição visual, tendo a CIF papel fundamental nesse contexto
Subject: Cegueira
Country: Brasil
Editor: Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Rights: Aberto
Identifier DOI: 10.5935/0034-7280.20140063
Address: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-72802014000500291
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FCM - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.