Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/353333
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Análise imunohistoquímica do efeito do revestimento com plasma rico em plaquetas (PRP) na integração de telas de polipropileno implantadas na vagina de coelhas
Title Alternative: An immunohistochemichal analysis of the impact of platelet-rich plasma (PRP) coating on polypropylene mesh integration in rabbits' vagina
Author: Dias, Fernando Goulart Fernandes, 1983-
Advisor: Riccetto, Cássio Luís Zanettini
Abstract: Resumo: Introdução: Apesar de altas taxas de sucesso no tratamento da incontinência urinária, as complicações associadas ao uso de telas sintéticas de polipropileno (PP), especialmente no tratamento cirúrgico de prolapsos de órgãos pélvicos, são motivo de grande preocupação. Objetivo: Avaliar o efeito do uso do plasma rico em plaquetas (PRP) como agente de revestimento de telas de PP implantadas na vagina de coelhas. Materiais e Métodos: Trinta coelhas New Zealand foram aleatoriamente separadas em dois grupos (n=15). No grupo PP, procedeu-se implante de tela de PP convencional entre as camadas mucosa e muscular da vagina; e no PRP, tela de PP revestida por PRP autólogo. Cinco animais de cada grupo foram eutanasiados em 7, 30 e 90 dias pós-implante, submetidos à extração da vagina e subsequente análise imunohistoquímica para avaliação de agentes pró-inflamatórios (TNF-?), anti-inflamatórios (TGF-? e IL-13), marcadores do metabolismo de colágeno (MMP-2), e marcador de angiogênese (CD-31). Para a análise, utilizou-se um software analisador de imagens, AxioVision (Zeiss, Alemanha), que realiza cálculo automatizado de área percentual e densidade média de imunorreatividade. Para a análise estatística foram utilizados o teste ANOVA seguido de Tukey teste (p<0.05). Resultados: Animais do grupo PRP apresentaram aumento significativo na expressão de angiogênese na área peri-implante (CD-31), em todos os períodos estudados, em comparação com o grupo PP (p<0.0001). Não houve diferença entre os grupos em relação à área de expressão e à densidade dos outros marcadores avaliados. Conclusão: O uso do PRP como agente de revestimento de telas de PP implantadas em vaginas de coelhas mostrou-se uma alternativa segura, pouco onerosa e, do ponto de vista imuno-histoquímico, apresentou efeito angiogênico positivo no sítio do implante da tela, sem alterar a resposta inflamatória e o metabolismo do colágeno local

Abstract: Purpose: Despite high success rates in the treatment of urinary incontinence, complications related to the use of polypropylene (PP) meshes, especially in pelvic organ prolapses surgeries, are still a great concern. Objective: To assess the effect of autologous platelet-rich plasma (PRP) coating on the integration of PP meshes implanted in rabbits¿ vagina. Materials and Methods: Thirty adult New Zealand rabbits were randomly divided into two groups (n=15): PP, implanted with conventional PP meshes between mucosa e muscular layer of vagina; and PRP, implanted with autologous PRP coated PP meshes. Animals in both groups (n=5) were euthanized at 7, 30 and 90 days postoperatively, the vaginas extracted and sent to immunohistochemical analysis for the assessment of the pro-inflammatory agent (TNF-?), anti-inflammatory agents (TGF-? and IL-13), collagen metabolism marker (MMP-2), and angiogenesis marker (CD-31). AxioVision image analysis (Zeiss, Germany) was used for the calculation of the immunoreactive percentual area and mean density. Statistical analysis was performed with ANOVA followed by Tukey test (p<0.05). Results: Animals in the PRP group showed significantly increased expression of the angiogenesis agent CD-31 at all experimental times when compared to the PP group (p<0.0001). No differences concerning the expression of the other markers were observed between the groups. Conclusion: The use of PRP gel as a coating agent for PP meshes in rabbits proved to be a simple and reproductible strategy to increase angiogenesis on implantation site with no impact on inflammation and collagen metabolism
Subject: Incontinência urinária
Prolapso uterino
Malha cirúrgica
Plaquetas (Sangue)
Imuno-histoquímica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: DIAS, Fernando Goulart Fernandes. Análise imunohistoquímica do efeito do revestimento com plasma rico em plaquetas (PRP) na integração de telas de polipropileno implantadas na vagina de coelhas. 2020. 1 recurso online ( p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dias_FernandoGoulartFernandes_D.pdf2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.