Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/353084
Type: Artigo
Title: Violência doméstica e risco para problemas de saúde mental em crianças e adolescentes
Title Alternative: Domestic violence and risk for mental health in childhood and adolescence
Author: Hildebrand, Natalia Amaral
Rubello Valler Celeri, Eloisa Helena
Morcillo, Andre Moreno
Zanolli, Maria de Lurdes
Abstract: A literatura demonstra que sofrer violência doméstica na infância e juventude é um risco para o desenvolvimento das psicopatologias. Este estudo utilizou o Strenghts and Difficulties Questionnarie (SDQ) e encontrou prevalência de 65,5% de possibilidades de problemas de saúde mental em crianças e adolescentes (4-16 anos), vítimas de violência doméstica, acompanhados em Serviços de Referência, todos residentes em um município brasileiro. O resultado encontrado foi considerado elevado, se comparado à população geral. A violência doméstica foi observada como fator de risco para problemas de saúde mental nas crianças e adolescentes estudados, agravada pelo uso preocupante de bebida alcoólica pelo responsável, ou este estar fora do processo produtivo. Não foram encontrados fatores de proteção efetivos, principalmente em relação à rede de proteção. Esses resultados sinalizam a necessidade de implementação de mecanismos que avaliem a efetividade de programas específicos nas áreas de saúde mental e violência doméstica
metadata.dc.description.abstractalternative: Literature shows that experiencing domestic violence in childhood and young adulthood is a risk for the development of psychopathology. This study used the Strengths and Difficulties Questionnaire (SDQ) and found a prevalence of 65.5% of possibility of mental health problems in children and adolescents (4-16 years old) who were victims of domestic violence followed in Referral Services in a Brazilian city. The result found was considered high when compared to the general population. Domestic violence was observed as a risk factor for mental health problems among the studied children and adolescents, aggravated by caregivers' alcoholism or unemployment. No effective protective factors were found, mainly regarding the protection network. These results indicate the need for reassessing the effectiveness of specific programs in the areas of mental health and domestic violence
Subject: Violência doméstica
Saúde mental
Country: Brasil
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Sul/Curso de Pós-Graduação em Psicologia
Rights: Aberto
Identifier DOI: 10.1590/1678-7153.201528201
Address: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722015000200213
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FCM - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0102-79722015000200213.pdf514.92 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.