Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/353013
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.CRUESPUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINASpt_BR
dc.descriptionOrientador: Eduardo Rochete Ropellept_BR
dc.descriptionTese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicaspt_BR
dc.format.extent1 recurso online ( 100 p.) : il., digital, arquivo PDF.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languageMultilínguapt_BR
dc.relation.requiresRequisitos do sistema: Software para leitura de arquivo em PDFpt_BR
dc.typeTESE DIGITALpt_BR
dc.titleEfeito da obesidade sobre a s-nitrosação da SIRT1 no tecido hepático e no músculo esquelético de camundongos : Effect of obesity on SIRT1 s-nitrosylation in hepatic tissue and skeletal muscle of micept_BR
dc.title.alternativeEffect of obesity on SIRT1 s-nitrosylation in hepatic tissue and skeletal muscle of micept_BR
dc.contributor.authorLenhare, Luciene, 1984-pt_BR
dc.contributor.advisorRopelle, Eduardo Rochete, 1976-pt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Médicaspt_BR
dc.contributor.nameofprogramPrograma de Pós-Graduação em Clínica Médicapt_BR
dc.subjectSirtuína 1pt_BR
dc.subjectMúsculospt_BR
dc.subjectFígadopt_BR
dc.subjectObesidadept_BR
dc.subjectExercícios físicospt_BR
dc.subject.otherlanguageSirtuin 1en
dc.subject.otherlanguageMusclesen
dc.subject.otherlanguageLiveren
dc.subject.otherlanguageObesityen
dc.subject.otherlanguagePhysical exercisesen
dc.description.abstractResumo: A proteína desacetilase SIRT1 desempenha um papel crucial no metabolismo celular. Sabe-se que durante a obesidade a atividade da SIRT1 é reduzida e esse efeito pode contribuir no desenvolvimento de distúrbios metabólicos. Estudos envolvendo a perda ou ganho de função da SIRT1 consideraram esta proteína como uma molécula crucial para o metabolismo hepático e muscular melhorando a sensibilidade à insulina, regulando as funções metabólicas como homeostase, lipogênese, a síntese de proteínas, gliconeogênese através de sua atividade deacetilase, contudo, pouco se sabe como ocorre o controle da atividade desta proteína. Paralelamente, a S-nitrosação de proteínas vem sendo valorizada como uma das principais formas de modificação de atividade proteica induzida pelo Óxido Nítrico (NO). O NO possui capacidade de se ligar a resíduos de cisteínas de diversas proteínas intracelulares, modificando suas funções através do fenômeno conhecido com S-nitrosação. No entanto, o efeito da S-nitrosação sobre a atividade da SIRT1 no fígado e músculo esquelético é desconhecido. OBJETIVO: Avaliar a S-nitrosação da SIRT1 em tecido hepático e muscular de roedores obesos. MÉTODOS: Para o estudo 1, testes fisiológicos foram combinados às técnicas de Western blot, imunofluorescência e ao método de avaliação da S-nitrosação de proteínas, para a análise do tecido muscular e hepático em camundongos C57BL/6J e iNOS-/- submetidos à dieta hiperlipídica, camundongos obesos (ob/ob) e camundongos C57BL/6J que receberam injeção intraperitoneal do doador de óxido nítrico, o GSNO. Para o estudo 2, os ensaios foram utilizados para avaliar o efeito do exercício físico sobre a S-nitrosação da SIRT1 no músculo de camundongos C57BL/6J obesos. A significância estatística adotada foi de p<0,05. RESULTADOS: A administração de GSNO resultou na S-nitrosação da SIRT1. Esse fenômeno foi acompanhado do aumento da acetilação global de proteínas e redução da pAMPK, no fígado e músculo gastrocnêmio. De forma interessante, animais obesos induzidos por dieta e camundongos ob/ob apresentaram aumento significativo do conteúdo proteico da iNOS e da S-nitrosação da SIRT1 no fígado e no músculo. Foi possível observar a co-localização de iNOS e SIRT1 em amostras de fígado e músculo de animais obesos. Por outro lado, animais iNOS-/- apresentaram menores níveis de S-nitrosação da SIRT1 tanto no fígado quanto no gastrocnêmio. Esses dados foram acompanhados de um fenótipo de obesidade mais brando. O treinamento físico foi capaz de reverter/prevenir a S-nitrosação da SIRT1 nos camundongos obesos mantendo o conteúdo de SIRT1 e função mitocondrial acompanhado de uma redução na acetilação nos tecidos em questão. CONCLUSÃO: A atividade desacetilase da SIRT1 na obesidade está, ao menos em parte, relacionada ao aumento dos níveis de iNOS favorecendo a manifestação do mecanismo da S-nitrosação no tecido hepático e músculo esqueléticopt
dc.description.abstractAbstract: The deacytilase protein SIRT1 plays a crucial role in cellular metabolism. It is known that during obesity the activity of SIRT1 is reduced and this effect may contribute to the development of metabolic disorders. Studies involving the loss or gain of function of SIRT1 consider this protein such as a crucial molecule for hepatic and muscular metabolism improving insulin sensitivity, regulating metabolic functions such as homeostasis, lipogenesis, protein synthesi and, gluconeogenesis through its deacetylation, however, little is known how the control of the activity of this protein occurs. In parallel, S-nitrosylation of proteins has been valued as one of the main ways of modifying protein activity induced by nitric oxide (NO). NO has the ability to bind to cysteine residues from various intracellular proteins, modifying their functions through the phenomenon known as S-nitrosylation. However, the effect of S-nitrosylation on the activity of SIRT1 in liver and skeletal muscle is unknown. PURPOSE: To evaluate the S-nitrosylation of SIRT1 in hepatic and muscular tissue of obese rodents. METHODS: For study 1, physiological tests were combined with Western blot, Immunofluorescence and S-nitrosylation method for the analysis of muscle and liver tissue iNOS-/- mice submitted to the hyperlipidic diet obese mice (ob/ob) and C57BL/6J mice receiving intraperitoneal injection of the nitric oxide donor, GSNO. For study 2, the same trials were used to evaluate the effect of physical exercise on S-nitrosylation of SIRT1 in the muscle of obese C57BL/6J mice. The statistical significance was set at p <0.05. RESULTS: Administration of GSNO resulted in S-nitrosation of SIRT1. This phenomenon was accompanied by increased global protein acetylation and reduction of pAMPK in the liver and gastrocnemius muscle. Interestingly, diet-induced obese mice and ob/ob mice showed a significant increase in the protein content of iNOS and S-nitrosylation of SIRT1 in liver and muscle. It was possible to observe the co-localization of iNOS and SIRT1 in liver and muscle samples from obese animals. On the other hand, iNOS-/- animals presented lower levels of S-nitrosylation of SIRT1 in both the liver and gastrocnemius. These data were accompanied by a milder obesity phenotype. Approaches such as physical training was able to reverse/prevent S-nitrosylation of SIRT1 in obese mice while maintaining the content of SIRT1 and mitochondrial function accompanied by a reduction in acetylation in the tissues in question. CONCLUSION: SIRT1 deacetylase activity in obesity is at least partially related to the increase in iNOS levels favoring the manifestation of the mechanism of S-nitrosation in hepatic tissue and skeletal muscleen
dc.publisher[s.n.]pt_BR
dc.date.issued2018pt_BR
dc.identifier.citationLENHARE, Luciene. Efeito da obesidade sobre a s-nitrosação da SIRT1 no tecido hepático e no músculo esquelético de camundongos: Effect of obesity on SIRT1 s-nitrosylation in hepatic tissue and skeletal muscle of mice . 2018. 1 recurso online ( 100 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP.pt_BR
dc.description.degreelevelDoutoradopt_BR
dc.description.degreedisciplineClínica Médicapt_BR
dc.description.degreenameDoutora em Ciênciaspt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameSilva, Adelino Sanchéz Ramos dapt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameRocha, Guilherme Zweigpt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameMoura, Leandro Pereira dept_BR
dc.contributor.committeepersonalnameAraújo, Michel Barbosapt_BR
dc.date.defense2018-08-31T00:00:00Zpt_BR
dc.description.sponsordocumentnumber4570/2018pt_BR
dc.date.available2020-12-07T20:12:51Z-
dc.date.accessioned2020-12-07T20:12:51Z-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2020-12-07T20:12:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Remedio_LucieneLenhare_D.pdf: 2457536 bytes, checksum: 5686eb8c54cf8bf86b373b71ce0ba809 (MD5) Previous issue date: 2018en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/353013-
dc.description.sponsorCAPESpt_BR
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Remedio_LucieneLenhare_D.pdf2.4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.