Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/352958
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Mujeres colombianas, amores, viajes y migraciones : la intimidad en el marco de la movilidad femenina cualificada =Mulheres colombianas, amor, viagens e migrações: intimidade no âmbito da mobilidade feminina transnacional qualificada
Title Alternative: Mulheres colombianas, amor, viagens e migrações : intimidade no âmbito da mobilidade feminina transnacional qualificada
Author: Pavajeau, Delgado Carol, 1977-
Advisor: Piscitelli, Adriana Gracia, 1954-
Abstract: Resumo: Através da uma etnografia multissituada das trajetórias afetivas e da mobilidade transnacional de 33 mulheres colombianas, esta pesquisa compreende o lugar que ocupa o "amor" e os afetos na criação e produção da intimidade nestes contextos de mobilidade, e analisa as distribuições diferenciadas de poder que permeiam as interseções de gênero, sexualidade, nacionalidade-raça, idade, classe social e carreira profissional. Aprofunda, a partir de diferentes lugares da experiência feminina, a questão da transnacionalização dos afetos e se pergunta : o que falam as mulheres quando se referem ao "amor" em suas viagens e migrações? Assim, analisa a maneira pela qual, a partir de suas narrativas e práticas cotidianas, as mulheres usam, questionam ou geram torções à diferença e à desigualdade nos seus relacionamentos amorosos e nos contextos geopolíticos em que ocorrem. Consequentemente, "amor" é entendido nesta pesquisa em diferentes níveis: o uso particular e único em que é denominado pelas mulheres ao longo de suas trajetórias afetivas e sexuais; o desdobramento dos diversos afetos em que elas narram a experiência do amor; a análise do jogo não linear dos atributos simétricos e assimétricos do poder e as maneiras pelas quais elas ativam a agência feminina dentro dos relacionamentos amorosos com múltiplas tonalidades através das fronteiras geográficas e biográficas em que circulavam e que possibilitavam suas experiências do "amor" transnacional. O "amor" transnacional é definido como o marco onde dialogam a intimidade com questões globais da fronteira, e nos permite pensar sobre as várias formas em que os afetos se transnacionalizam. A partir de uma abordagem crítica sobre à mobilidade feminina qualificada, esta pesquisa aborda as experiências femininas de "amor" transnacional desde três lugares diferentes: a migração feminina do sul para o norte, a mobilidade acadêmica feminina sul-sul e as viagens geográficas e virtuais de mulheres. A análise centra-se na desconstrução do olhar linear do mundo afetivo das mulheres viajantes e migrantes. Está comprometida com o reconhecimento da diversidade de motivos, trajetórias e experiências; com a ideia de evitar qualquer tipo de olhar reducionista que se limite a explicar sua circulação através das fronteiras como meros impulsos de desespero emocional ou econômico. Desse modo, problematiza os imaginários frequentemente recriados sobre as mulheres do "sul global". Em suma, reconhece que as viagens e migrações são espaços onde as mulheres organizam suas trocas afetivas, sexuais, materiais e simbólicas, transitando entre reciprocidades e assimetrias em busca de criar diferentes condições de frutificação

Abstract: By means of a multi-located ethnography approach, concerning the affectionate trajectories and transnational mobility of 33 Colombian women, this research focuses on the "space / place" occupied by "love" and affection in the creation and generation of intimacy, and analyses the differentiated distributions of power, which permeate the intersections of gender, race-nationality, age, social class and professional career. From different spaces / places of experience, the research deepens into the issue of the trans-nationalization of affections and asks: what do women talk about when they refer themselves to "love" during their voyages and migrations? Thus, it analyses the way in which through their narratives and daily practices women use, question or generate torsions over difference and inequality in loving relationships that they assume, and within the geopolitical contexts where they happen. Therefore, in this research, "love" is understood from several prisms: the particular and unique use, which it is named by women along their affectionate and sexual trajectories; the unfolding of the diverse affections by which they narrate the loving experience; the analysis of the non-lineal game of symmetric and asymmetric attributes of power, and the ways in which they activate the feminine agency within loving relationships that they assume with multiple tonalities, due to geographic and biographic frontiers where they circulated and made possible their transnational "love" experiences. Transnational "love" is defined as the frame where intimacy has a dialogue with global frontier issues, that permits to think about the diverse ways in which affections are transnationalized. From a critical perspective, concerning qualified feminine mobility, this research approaches feminine life experiences of transnational "love", based on three different places: feminine migration from the south to the north; academic feminine mobility from the south to the south; and geographical and virtual voyages of women. The analysis is focused in deconstructing the lineal gaze of the affectionate world of traveller and migrant women. It searches to recognize the diversity of motives, trajectories, and experiences; having in mind the idea to avoid any kind of reductionist glance, restricting to explain the circulation between frontiers, as mere urgencies of emotional and economic despair. Thus, it problematizes the imaginaries frequently recreated about women from the "global south". In synthesis, it recognizes that voyages and migrations are spaces where women procure affectionate, sexual, material, and symbolic exchanges, moving between reciprocities and asymmetries, in search of creating different conditions to be fruitful
Subject: Amor
Migração
Feminismo
Viagens
Mulheres - Colômbia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: PAVAJEAU, Delgado Carol. Mujeres colombianas, amores, viajes y migraciones : la intimidad en el marco de la movilidad femenina cualificada =Mulheres colombianas, amor, viagens e migrações: intimidade no âmbito da mobilidade feminina transnacional qualificada . 2020. 1 recurso online ( 173 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Delgado_CarolPavajeau_D.pdf8.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.