Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/352823
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Infames "Marias" : prontuários de mulheres do Manicômio Judiciário do Estado de São Paulo (1897-1952)
Title Alternative: Infamous "Marias" : records of women in the judiciary insane asylum of São Paulo State (1897-1952
Author: Garcia, Vivian Carla Ferreira, 1992-
Advisor: Tvardovskas, Luana Saturnino, 1983-
Abstract: Resumo: A pesquisa tem como objetivo uma análise dos prontuários de mulheres que foram presas no Manicômio Judiciário do Estado de São Paulo (1897-1952). A partir dos arquivos, busco vislumbrar suas subjetividades no modo como seus corpos se chocam com o poder, em meio a escrita médica e jurídica. Por meio de um mapeamento das teias que compõem os discursos sobre o crime, loucura e mulheres no imaginário social, proponho uma desnaturalização de seus comportamentos utilizando formulações teóricas de Michel Foucault, do feminismo da diferença. Realizo uma cartografia, por uma análise genealógica, das imagens das subjetividades femininas nas histórias das mulheres analisadas, e o modo como seus delírios e infâmias se relacionam com questões ligadas à violência de gênero, ao impedimento de elaboração de suas subjetividades, refletindo sobre o modo como suas vivências são retratadas na instituição. Os prontuários serão analisados pela chave de perceber em seus corpos movimentos possíveis, mapeando suas histórias pelas delinquências cometidas: mulheres que desafiaram questões morais e foram presas por ilegalismos; mulheres que atentaram contra a vida de seus maridos e mulheres que atentaram contra a vida de seus filhos. Nos prontuários, busco perceber os meandros que relacionam o ideal de feminilidade e o corpo dessas mulheres, que afetados, refletem sintomas de angústia em seus delírios infames

Abstract: The purpose of this research is to analyze medical records of women imprisoned in the Judiciary Insane Asylum of São Paulo state (1897-1952). From the files, I aim to glimpse their subjectivities by the way their bodies collide with power, in the context of medical and legal writing. By mapping the nets composed by discourses about crime, madness, and women in social imagery, I propose a denaturalization of their behavior using theoretical formulations from Michel Foucault and difference feminism. A cartography by genealogical analysis is composed from the images of feminine subjectivities in the women history, and from how their deliriums and infamies are related to issues such as gender violence, difficulty in elaborating their subjectivities autonomously, reflecting upon how their experiences are depicted and how they live in the institution. The medical and legal records are analyzed by perceiving possible movements in their bodies, mapping their histories by the committed delinquencies: women who challenged moral issues and were arrested by illegalisms; women who killed or tried to kill their husbands and women who killed or tried to kill their children. Studying the records, I try to identify intricacies that correlate an ideal of femininity and these women bodies that, when affected, reflect symptoms of anguish in their infamous deliriums
Subject: Mulheres
Loucura
Crime
Subjetividade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GARCIA, Vivian Carla Ferreira. Infames "Marias": prontuários de mulheres do Manicômio Judiciário do Estado de São Paulo (1897-1952). 2020. 1 recurso online ( 143 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ferreira_VivianCarlaGarcia_M.pdf1.28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.