Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/352502
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Efeitos da fotobiomodulação no estresse oxidativo e seu impacto sobre a atrofia muscular por desnervação
Title Alternative: Effects of photobiomodulation in oxidative stress and its impact on muscle atrophy by denervation
Author: Acunha, Renata Moreira, 1994-
Advisor: Santo Neto, Humberto, 1953-
Abstract: Resumo: Fotobiomodulação (FTBM) baseia-se na utilização de luz vermelha ou infravermelha de baixa intensidade para induzir reações fotoquímicas a nível celular. O emprego da FTBM tem se mostrado eficaz em melhorar algumas condições adversas do músculo esquelético, dentre as quais a atrofia muscular causada por desnervação total. Os mecanismos moleculares envolvidos na atrofia muscular não são completamente elucidados, mas sabe-se que o estresse oxidativo desempenha algum papel na mesma. Sabe-se também que a FTBM diminui o estresse e, desta forma, restaura o balanço oxidativo em outras condições biológicas. Esse estudo teve como objetivo examinar: i) os efeitos da FTBM sobre a atrofia muscular decorrente de desnervação parcial e ii) a correlação entre a atenuação da atrofia muscular pela FTBM e estresse oxidativo. Para isto, camundongos da linhagem C57BL/10 foram anestesiados e tiveram o músculo tibial anterior direito parcial ou totalmente desnervado através de, respectivamente, esmagamento ou secção total do nervo isquiático. Os animais foram divididos em 5 grupos, sendo cada grupo subdividido em 2 grupos de 7 e 14 dias. Grupo ST: animais submetidos a secção total do nervo isquiático direito sem tratamento (n=20)? Grupo E: animais submetidos ao esmagamento do nervo isquiático direito sem tratamento (n=20); Grupo STL: animais submetidos a secção total do nervo isquiático direito e tratados com FTBM (n=20)? Grupo EL: animais submetidos ao esmagamento do nervo isquiático direito e tratados com FTBM (n=20); Grupo CT: sem lesão ou tratamento algum (n=10). A aplicação do laser foi realizada através do aparelho de diodo GaAlAs (comprimento de onda de 830 nm/ 4 J/cm2) diariamente por 16 segundos durante 7 ou 14 dias. Ao final, os animais sofreram eutanásia através de superdosagem de anestesia e o músculo tibial anterior direito foi retirado. A atrofia muscular foi avaliada por histomorfometria em cortes histológicos e o estresse oxidativo (iNOS e 4-HNE) por imunoblotting. Os resultados mostram que a FTBM atenuou a atrofia muscular em músculos parcialmente desnervados e que esse efeito da FTBM parece não se fazer via estresse oxidativo. Sugere-se que a FTBM seja empregada como método adjunto no tratamento de atrofia muscular decorrente de desnervação parcial

Abstract: Photobiomodulation (FTBM) is a therapy in which low intensity red or infrared light is used to induce photochemical reactions at the cellular level. FTBM has been shown to be effective in improving some adverse conditions of skeletal muscle, including muscle atrophy caused by total denervation. Although the molecular mechanisms involved in muscle atrophy are not completely elucidated, the oxidative stress has been shown to play some role in that. FTBM is also known to decrease stress and, therefore, restore the oxidative balance in other biological conditions. Hence, this study aimed to examine: i) the effects of FTBM on muscle atrophy induced by partial denervation and ii) whether oxidative stress is modified by FTBM during prevention of atrophy by partial and total denervation. Mice of the C57BL / 10 strain were anesthetized and had the right anterior tibial muscle partially or totally denervated through, respectively, crushing or total section of the sciatic nerve. The animals were divided into 5 groups, each group being subdivided into 2 groups of 7 and 14 days. ST Group: animals submitted to total section of the right sciatic nerve without treatment (n = 20); Group E: animals submitted to right sciatic nerve crush without treatment (n = 20); STL group: animals subjected to full section of the right sciatic nerve and laser-treated (n = 20); EL group: animals subjected to right sciatic nerve crush and laser-treated (n = 20); Group CT: no injury or treatment (n = 10). The laser application was performed through the GaAlAs diode device (wavelength 830 nm / 4 J / cm2) daily for 16 seconds for 7 or 14 days. At the end, animals were euthanized through an overdose of anesthesia and the right anterior tibial muscle was excised. Muscle atrophy was assessed by histomorphometry in histological sections and oxidative stress (iNOS and 4-HNE) by immunoblotting. The results show that FTBM partially attenuated muscle atrophy in denervated muscles. Oxidative stress does not seem to be related to the attenuation of muscle atrophy. It is suggested that FTBM could be used as an adjunct method in the treatment of muscular atrophy resulting from partial denervation
Subject: Atrofia muscular
Estresse oxidativo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: ACUNHA, Renata Moreira. Efeitos da fotobiomodulação no estresse oxidativo e seu impacto sobre a atrofia muscular por desnervação . 2020. 1 recurso online ( 49 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Acunha_RenataMoreira_M.pdf1.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.