Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/352444
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Padrões de ocorrência de Batrachochytrium dendrobatidis em anfíbios da Mata Atlântica e Amazônia brasileiras : Occurrence patterns of Batrachochytrium dendrobatidis in amphibians from brazilian Atlantic Forest and Amazonia
Title Alternative: Occurrence patterns of Batrachochytrium dendrobatidis in amphibians from brazilian Atlantic Forest and Amazonia
Author: Lambertini, Carolina, 1987-
Advisor: Toledo, Luís Felipe, 1979-
Abstract: Resumo: Doenças infecciosas emergentes são consideradas uma das principais ameaças à biodiversidade mundial, e sua ocorrência é determinada através da influência do ambiente nas interações entre patógenos e hospedeiros. A quitridiomicose, causada pelo fungo Batrachochytrium dendrobatidis (Bd), é uma doença infecciosa emergente que acomete populações de anfíbios em todo o mundo, e sua dinâmica de infecção já foi diretamente associada à variação ambiental, direcionando condições para o desenvolvimento do patógeno e/ou interferindo na susceptibilidade do hospedeiro. O Bd é um patógeno generalista, infectando em sua maioria Anura, porém já detectado em Caudata e Gymnophiona, mas até então não existem informações sobre os padrões de ocorrência de Bd em cecílias no mundo. No Brasil, o bioma Amazônia foi considerado como região de baixa adequabilidade ambiental para o desenvolvimento do Bd, e dois estudos retrospectivos corroboraram esse padrão. A Mata Atlântica, por sua vez, é uma região que apresenta alta adequabilidade ambiental para o Bd, na qual o patógeno já foi amplamente detectado, principalmente na porção sul. Contudo, não existem estudos até então que analisaram padrões de ocorrência do Bd em populações naturais de anfíbios da Amazônia, e abrangendo a Mata Atlântica como um todo. Com isso, realizamos uma ampla amostragem de espécimes fixados da ordem Gymnophiona ao longo da América do Sul, para verificar se existe variação nos padrões de ocorrência do Bd nesse grupo. Realizamos também uma amostragem de populações naturais de anfíbios na região amazônica, abrangendo não somente espécies da ordem Anura, mas também das ordens Gymnophiona e Caudata, verificando potenciais associações entre variáveis bióticas e abióticas com as taxas de infecção, e testando experimentalmente o efeito da potencial chegada de cepas exóticas de Bd em hospedeiros da região. Finalmente, realizamos uma ampla amostragem de anuros ao longo de um transecto latitudinal na Mata Atlântica, identificando padrões de ocorrência do Bd, e potenciais associações entre variáveis bióticas e abióticas nas taxas de infecção dos hospedeiros. Descrevemos aqui o primeiro registro de infecção por Bd no Brasil em espécies da ordem Caudata e Gymnophiona, propondo que as últimas podem servir como reservatório patógeno, devido à história de vida dos hospedeiros. Na região amazônica, detectamos altas taxas de prevalência de infecção, padrão oposto ao esperado para região. Variáveis ambientais não foram boas preditoras de ocorrência do patógeno, e detectamos experimentalmente variação em resposta dos hospedeiros à infecção por diferentes cepas de Bd. Detectamos uma associação positiva entra as taxas de infecção por Bd e variação latitudinal ao longo do transecto na Mata Atlântica; identificamos variáveis abióticas e bióticas associadas às taxas de infecção encontradas, e detectamos um efeito de amplificação da riqueza de espécies de hospedeiros nas taxas de infecção por Bd. O presente trabalho traz informações inéditas sobre os padrões de ocorrência do Bd nos biomas Mata Atlântica e Amazônia

Abstract: Emerging infectious diseases are one of the main threats to worldwide biodiversity, being determined by the environmental influence on host-pathogen interactions. Chytridiomycosis, caused by the fungus Batrachochytrium dendrobatidis (Bd), is an emerging infectious disease that affects amphibian populations worldwide, and its infectious dynamics has been already directly associated to environmental variation, by basically driving conditions for the pathogen development and/or interfering on host¿s susceptibility. Bd is a generalist pathogen, infecting mostly Anuran species, but also detected in Gymnophiona and Caudata species. However, there is no information until now on Bd occurrence patterns in Gymnophiona species in the world. In Brazil, Amazonia was considered a region with low environmental suitability for Bd, and two retrospective studies detected low Bd infection prevalence rates. On the other hand, Atlantic Forest is a region considered environmentally suitable for Bd, and it has been already widely detected, mainly in the south portion of the biome. But, no studies attempted to analyze Bd occurrence patterns on amphibian natural populations from Amazonia and in Atlantic Forest as a whole. Given this, we broadly sampled Gymnophiona museum specimens across South America, to verify if Bd occurrence patterns vary in this group. We also sampled wild amphibian populations across Brazilian Amazon, including Gymnophiona and Caudata species, to test for potential associations between biotic and abiotic variables and infection rates, and experimentally tested the effects of exotic Bd strains on host species from the region. Finally, we broadly sampled anuran species along a latitudinal transect across Brazilian Atlantic Forest, identifying Bd occurrence patterns and potential associations between biotic and abiotic variables with Bd infections. We describe here the first report of Bd infections in Caudata and Gymnophiona species from Brazil, and propose that individuals from the last order may serve as pathogen reservoir because of host¿s life history. In Amazonia, we detected higher Bd infection prevalence, which is the opposite pattern expected for the region. Environmental variables were not good predictors for Bd occurrence, and we experimentally detected variation in host response to the infection by exotic Bd strains. We detected a positive relationship between Bd infection rates and latitudinal variation across the transect in Atlantic Forest. We also identified biotic and abiotic variables associated to Bd infections, and an amplification effect of species richness on Bd infections. The present study provides new information on Bd occurrence patterns in Brazilian Atlantic Forest and Amazon
Subject: Quitridiomicose
Florestas tropicais
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Citation: LAMBERTINI, Carolina. Padrões de ocorrência de Batrachochytrium dendrobatidis em anfíbios da Mata Atlântica e Amazônia brasileiras: Occurrence patterns of Batrachochytrium dendrobatidis in amphibians from brazilian Atlantic Forest and Amazonia. 2019. 1 recurso online ( 114 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:IB - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lambertini_Carolina_D.pdf8.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.