Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/352110
Type: Artigo
Title: Sanitização de alface americana com água ozonizada para inativação de escherichia coli O157:H7
Title Alternative: Sanitization of iceberg lettuce with ozonated water to inactivate escherichia coli O157:H7
Author: Cavalcante, Daniel Augusto
Leite Júnior, Bruno Ricardo de Castro
Tribst, Alline Artigiani Lima
Cristianini, Marcelo
Abstract: As hortaliças folhosas, especialmente a alface, têm sido identificadas como veículos significativos de patógenos relevantes em saúde pública. O objetivo deste trabalho foi avaliar a redução de Escherichia coli O157:H7 intencionalmente inoculada na alface após sanitização da hortaliça com água ozonizada. Dez amostras de alface americana foram inoculadas com E. coli O157:H7 e submetidas à sanitização em água ozonizada na concentração de 1 mg.L-1 durante um minuto. A contaminação inicial das alfaces foi da ordem de 105-106 UFC.g-1 , e o processo de sanitização resultou em reduções decimais entre 2,40 e 4,49, sendo a variação observada possivelmente função da concentração inicial inoculada e da heterogeneidade da superfície da alface, o que pode afetar a aderência do micro-organismo nas amostras e, consequentemente, a efetividade do processo de sanitização. Assim, a utilização de água ozonizada mostra ser uma tecnologia promissora na etapa de sanitização em alface
metadata.dc.description.abstractalternative: The leafy vegetables, especially lettuce, has been identified as significant vehicles of pathogens relevant to public health. This study aimed to determine the Escherichia coliO157: H7 reduction in intentionally inoculated lettuce through sanitation using ozonated water. Ten samples of lettuce were inoculated with E. coliO157: H7 and sanitized by ozonated water at concentration of 1.0 mg.L-1for one minute. The initial E colilettuce load ranged between 105-106CFU.g-1and the sanitation process promoted 2.40 to 4.49 decimal reductions. This variation on microbial reduction can be attributed to E. coliinitial load and to heterogeneous lettuce surface, which affects the E. coli adherence on samples and, consequently, the sanitizing process efficacy. Therefore, the ozonated water is a promising technology for lettuce sanitizing step
Subject: Ozônio
Country: Brasil
Editor: UNICAMP/NEPA
Rights: Aberto
Identifier DOI: 10.20396/san.v21i1.1662
Address: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/san/article/view/1662
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FEA - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.