Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/35193
Type: Artigo de periódico
Title: How many species of drosophila (Diptera, Drosophilidae) remain to be described in the forests of São Paulo, Brazil?: species lists of three forest remnants
Author: Medeiros, Hermes Fonsêca de
Klaczko, Louis Bernard
Abstract: This paper describes the composition and abundance of Drosophila species found in three forest remnants in the State of São Paulo. A well-standardized sampling procedure applied on four collecting trips to the same sites on four areas resulted on 944 samples. All males collected were identified by analyses of the genitalia, this being the only data set used. One hundred and twenty five species were detected amongst the 29,289 males analyzed. From them 57,6% could be identified as described species. Thirteen of the species found were absent from the previous species list for the state of São Paulo State, thus represent an increase of 13% on the number known. We argue that the majority of the 53 unidentified species are in fact undescribed. The sites studied did not differ significantly in the proportion of identified species. On average identified species were almost seven times more abundant than unidentified ones, and this difference was significant. Rarefaction curve analysis confirmed that the proportion of unidentified species increase with sample size, and did not reach a plateau with our data set. These results illustrate the large richness of Drosophila species in forest remnants of São Paulo State. It also indicates that about half of the species in this region remain to be described. This conclusion is particularly important when one considers that this is a well studied genus of Diptera, on the best sampled region of Brazil.
Este trabalho descreve a composição e a abundância de espécies de Drosophila encontradas em três remanescentes florestais do estado de São Paulo. Um procedimento de coletas bem padronizado aplicado em quatro coletas nos mesmos sítios em três áreas resultou em 944 amostras. Todos os machos coletados foram identificados pela análise da genitália, e apenas os dados destes foram analisados. Cento e vinte e cinco espécies foram detectadas entre os 29.289 machos analisados. Destas 57,6% puderam ser identificadas como espécies já descritas. Treze das espécies encontradas estavam ausentes da lista prévia de espécies do estado de São Paulo, resultado em um aumento de 13% nesta lista. A maioria das 53 espécies não identificadas são, provavelmente, não descritas. Os sítios estudados não diferem significativamente na proporção de espécies identificadas. Em média as espécies identificadas foram quase sete vezes mais abundantes do que as não identificadas, e esta diferença foi significativa. Uma análise de curvas de rarefação confirmou que a proporção de espécies não identificadas aumenta com o tamanho amostral, e não atinge um platô em nosso conjunto de dados. Estes resultados ilustram a grande riqueza de espécies de Drosophila nos remanescentes florestais do estado de São Paulo. Eles também indicam que cerca de metade das espécies desta região ainda não foram descritas. Esta conclusão mostra-se particularmente importante considerando que este é um gênero de Diptera bem estudado, na região mais bem amostrada do Brasil.
Subject: composição
diversidade
riqueza
inventário
mata atlântica, região neotropical
composition
diversity
richness
inventory
atlantic forest
neotropical region
Editor: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1676-06032004000100005
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S1676-06032004000100005
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1676-06032004000100005
Date Issue: 1-Jan-2004
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1676-06032004000100005.pdf477.67 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.