Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/351730
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Análise do impacto do Programa de Reanimação Neonatal da Sociedade Brasileira de Pediatria nos resultados neonatais da mesorregião sudoeste piauiense
Title Alternative: Analysis of the impact of the neonatal resuscitation program of the Brazilian Society of Pediatrics on neonatal outcomes in southwestern Piauí mesoregion
Author: Lima, Renato Oliveira, 1972-
Advisor: Marba, Sérgio Tadeu Martins, 1958-
Abstract: Resumo: Introdução: A mortalidade infantil no Brasil, embora tenha apresentado queda nas últimas décadas, ainda mantém índices distantes daqueles apresentados por países desenvolvidos. O mesmo ocorre com a mortalidade neonatal, a despeito do avanço que a neonatologia alcançou nas últimas décadas. Nesse cenário, o Estado do Piauí detém a terceira maior taxa de mortalidade neonatal precoce do país, sendo a asfixia ao nascimento uma das principais causas de óbito. Objetivo: Analisar o impacto do Programa de Reanimação Neonatal da Sociedade Brasileira de Pediatria (PRN-SBP) nos resultados neonatais da Mesorregião Sudoeste do Piauí, considerando: estruturação dos locais de parto, retenção de conhecimentos, número de instrutores locais, transportes interhospitalares e a mortalidade ao nascimento. Métodos: Estudo de intervenção, em cinco hospitais da Mesorregião Sudoeste do Piauí, com a capacitação dos profissionais de saúde em três diferentes Cursos do PRN/SBP: reanimação do recém-nascido (RN) maior ou igual a 34 semanas para médicos e profissionais de saúde, RN<34 semanas e transporte do RN de alto risco. Todas as capacitações foram realizadas pelo pesquisador, bem como a coleta de dados antes e depois da intervenção. Foram analisadas de forma descritiva: estruturação dos locais de nascimento, conhecimento dos profissionais de saúde sobre reanimação e a retenção de conhecimento, número de instrutores locais, transferências interhospitares de RN e os resultados neonatais antes e depois da intervenção, bem como após 12 meses da intervenção inicial. O período total do estudo foi de fevereiro de 2018 a julho de 2019. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética e Pesquisa da UNICAMP e os participantes assinaram o TCLE. Resultados: Foram treinados um total de 431 profissionais de saúde entre médicos, enfermeiros, auxiliares/técnicos de enfermagem e fisioterapeutas, em 106 cursos nas 5 regionais de saúde do estudo. Como um mesmo participante pode fazer mais que uma modalidade de treinamento, foram realizadas um total de 700 capacitações. Quanto à estruturação dos locais de nascimento, a porcentagem de aquisição de materiais necessários à reanimação aumentou de 28,4% para 80,6% considerando os momentos pré e pós-intervenção imediata e 83,3% após 12 meses da intervenção. Para os materiais considerados essenciais esse aumento foi: 61,9%, 100% e 100%, respectivamente. Foram registradas inúmeras inconformidades no período pré-intervenção e uma série de melhorias estruturais imediatamente após a intervenção e após 12 meses. Na avaliação, 95,5% dos capacitados foram aprovados e a aquisição de conhecimento foi satisfatória após 12 meses da intervenção, nos cursos administrados. Foram formados 3 novos instrutores locais. O número de RN transferidos nos períodos aumentou em 28,90% mesmo sem alterações nos itens utilizados para o transporte. Após 12 meses da intervenção, foi observada uma redução de mortes nos locais de nascimento em 72,6% tendo sido reanimados 479 RN, dos quais 414 (86,43%) foram maior ou igual a 34 semanas e 65 (13,57%) prematuros menores de 34 semanas. Conclusões: Os resultados obtidos mostraram que houve melhora estrutural nos locais de nascimento da região avaliada, com retenção adequada do conhecimento sobre reanimação neonatal, formação de novos instrutores, aumento de RN transferidos, com impacto na mortalidade e no número de crianças reanimadas nos hospitais avaliados

Abstract: Introduction: Infant mortality in Brazil, although it has decreased in the last decades, still maintains rates that are far from those presented by developed countries. The same occurs with neonatal mortality, despite the advance that neonatology has achieved in recent decades. In this scenario, the State of Piauí has the third highest rate of early neonatal mortality in the country, with asphyxia at birth being one of the main causes of death. Objective: To analyze the impact of the Neonatal Resuscitation Program of the Brazilian Society of Pediatrics (PRN-SBP) on neonatal outcomes in the Southwest Mesoregion of Piauí, considering: structuring of delivery places, retention of knowledge, number of local instructors, inter-hospital transportation and mortality at birth. Methods: Intervention study in five hospitals in the Mesorregião Sudoeste do Piauí, with the training of health professionals in three different PRN / SBP Courses: resuscitation of the newborn (RN) less or equal 34 weeks for doctors and health professionals, newborns <34 weeks and transportation of high-risk newborns. All training was carried out by the researcher, as well as data collection before and after the intervention. Descriptively analyzed were: structuring of birthplaces, knowledge of health professionals about resuscitation and knowledge retention, number of local instructors, interhospital transfers of newborns and neonatal results before and after the intervention, as well as after 12 months of initial intervention. The total study period was from February 2018 to July 2019. The research was approved by the Ethics and Research Committee of UNICAMP and the participants signed the TCLE. Results: A total of 431 health professionals were trained, including doctors, nurses, nursing assistants / technicians and physiotherapists, in 106 courses in the 5 regional health units in the study. As the same participant can do more than one training modality, a total of 700 training sessions were held. Regarding the structuring of birthplaces, the percentage of acquisition of materials needed for resuscitation increased from 28.4% to 80.6% considering the moments before and after immediate intervention and 83.3% after 12 months of the intervention. For the materials considered essential, this increase was: 61.9%, 100% and 100%, respectively. Numerous nonconformities were recorded in the pre-intervention period and a series of structural improvements immediately after the intervention and after 12 months. In the assessment, 95.5% of those trained were approved and the acquisition of knowledge was satisfactory after 12 months of the intervention, in the administered courses. 3 new local instructors were trained. The number of newborns transferred in the periods increased by 28.90% even without changing the items used for transportation. After 12 months of the intervention, there was a 72.6% reduction in deaths at birthplaces, with 479 newborns being resuscitated, of whom 414 (86.43%) were less or equal 34 weeks and 65 (13.57%) preterm infants less than 34 weeks. Conclusions: The results obtained showed that there was a structural improvement in the birthplaces of the evaluated region, with adequate retention of knowledge about neonatal resuscitation, with an impact on mortality and on the number of children resuscitated in the evaluated hospitals
Subject: Recém-nascidos
Capacitação em serviço
Mortalidade
Ressuscitação cardiopulmonar
Salas de parto
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: LIMA, Renato Oliveira. Análise do impacto do Programa de Reanimação Neonatal da Sociedade Brasileira de Pediatria nos resultados neonatais da mesorregião sudoeste piauiense. 2020. 1 recurso online ( 126 p.) Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lima_RenatoOliveiraDe_D.pdf6.13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.