Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/350061
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação da carga de trabalho em unidade neonatal : utilização do Nursing Activities Score
Title Alternative: Assessment of the workload in the neonatal unit : using the Nursing Activities Score
Author: Franco, Aline Patrícia Vicente, 1986-
Advisor: Carmona, Elenice Valentim, 1976-
Abstract: Resumo: Introdução: O desenvolvimento tecnológico e as novas modalidades terapêuticas têm possibilitado a sobrevida de pacientes gravemente enfermos, o que tem impacto na atuação dos profissionais de saúde, que lidam com cuidados de maior complexidade, bem como com maior carga diária de trabalho. Na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), a sobrevivência dos recém-nascidos (RNs) com condições clínicas complexas e instáveis, como os prematuros com extremo baixo peso, incrementa a carga de trabalho e pode interferir na qualidade do cuidado oferecido. Objetivo geral: avaliar a carga de trabalho de enfermagem em uma unidade de internação neonatal aplicando o Nursing Activities Score (NAS). Objetivos específicos: descrever a pontuação NAS para pacientes neonatais sob cuidados intensivos e intermediários; descrever a frequência dos itens relacionados à carga de trabalho de enfermagem na unidade neonatal, segundo o NAS; identificar e analisar a variação na pontuação do NAS conforme características dos RNs; comparar o número diário de profissionais de enfermagem requeridos pela pontuação NAS com o número diário de profissionais presentes na unidade estudada. Método: Trata-se de um estudo analítico e longitudinal, em que se aplicou o NAS, um instrumento validado para o Português do Brasil, para avaliar a carga de trabalho de enfermagem em uma unidade de internação neonatal. Foram colhidos dados de prontuário, referentes à condição clínica de cada paciente incluído, bem como anotações das supervisoras de Enfermagem sobre o quantitativo de funcionários que esteve presente em cada plantão. A amostra foi não probabilística. Foram incluídos todos os pacientes admitidos em um período de dois meses: de 6 outubro a 6 de dezembro de 2017. Os dados foram analisados segundo estatística descritiva e inferencial. Foi calculada a carga de trabalho de enfermagem, bem como o quantitativo necessário da equipe de enfermagem, considerando o valor do NAS e a Resolução 543/2017 do Conselho Federal de Enfermagem. Resultados: A amostra foi composta por 115 pacientes. A média NAS da unidade foi de 73%, sendo que nos pacientes de cuidado intensivo a média NAS foi maior (74%) que nos cuidados intermediários (64%). Traduzindo para o tempo de assistência, cada paciente necessitou, em média, de 17,5 horas de assistência de enfermagem direta, nas 24 horas. Essa unidade conta com 107 profissionais de enfermagem, enquanto deveria ter de 137. Verificou-se uma proporção 34% de enfermeiros, o que está abaixo do preconizado, com uma proporção de 66% de técnicos de enfermagem, superior ao recomendado para essa categoria profissional. Conclusão: Há uma elevada demanda de carga de trabalho na unidade neonatal e o dimensionamento de pessoal é inferior ao necessário para atender com segurança tal demanda. O que pode ter impacto negativo na qualidade e segurança da assistência. Assim, o NAS é um facilitador do gerenciamento de enfermagem ao tornar quantificável a carga de trabalho, que tem implicações para pacientes e equipe

Abstract: Introduction: Technological development and new therapeutic modalities have made possible the survival of severely ill patients, which has an impact on health professionals' performance, who work with more complex care as well as greater daily workload. In the Neonatal Intensive Care Unit (NICU), the survival of newborns with complex and unstable clinical conditions, such as extremely low birth weight preterm infants, increases the workload and interferes upon quality of care. Objective: to evaluate the nursing workload at a neonatal unit by applying the Nursing Activities Score (NAS). Specific objectives: to describe the NAS score for neonatal patients under intensive and intermediate care; to describe the frequency of items related to nursing workload in the neonatal unit, according to NAS; identify and analyze the variation in the NAS score according to newborns' characteristics; to compare the daily number of nursing professionals required by the NAS score with the daily number of professionals present in the studied studied. Method: This is an analytical and longitudinal study, in which the NAS, a validated tool to Brazilian Portuguese, was applied to evaluate the nursing workload at a neonatal unit. Data were collected from medical records, referring to clinical condition of each included patient, as well as registers of the Nursing managers about the number of nursing staff members at each shift. The sample was non-probabilistic. It was included all patients admitted in a period of two months: October 6th to December 6th 2017. Data were analyzed according to descriptive and inferential statistics. The nursing workload was calculated, as well as the necessary quantitative of nursing staff, considering NAS value and the Federal Nursing Council Resolution 543/2017. Results: The sample consisted of 115 patients. The mean NAS of the unit was 73%, and in the intensive care patients the NAS mean was higher (74%) than in the intermediate care (64%). Considering the time of care, each patient required, on average, 17.5 hours of direct nursing care in 24 hours. This unit has 107 nursing professionals, while it should have 137. The proportion of nurses was 34%, which is lower than recommended, while there is a proportion of 66% of nursing technicians, higher than that recommended for this professional category. Conclusion: There is a high demand for workload in the neonatal unit and the staffing dimension is lower than necessary to safely meet such demand. This can promotes a negative impact on the quality and safety of care. Thus, the NAS is a facilitator of nursing management by making the workload quantifiable, which has implications for patients and staff
Subject: Carga de trabalho
Enfermagem
Unidades de terapia intensiva neonatal
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FRANCO, Aline Patrícia Vicente. Avaliação da carga de trabalho em unidade neonatal : utilização do Nursing Activities Score. 2019. 1 recurso online ( 88 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Enfermagem, Campinas, SP.
Date Issue: 2019
Appears in Collections:FENF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Franco_AlinePatriciaVicente_M .pdf1.87 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.