Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/348105
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: A mais singular das ideias : O Pornógrafo, de Restif de la Bretonne (1769)
Title Alternative: The most singular of ideas : O Pornógrafo, by Restif de la Bretonne (1769)
Author: Barbosa, Danielle dos Santos, 1978-
Advisor: Berriel, Carlos Eduardo Ornelas, 1951-
Abstract: Resumo: A mais singular das ideias: O Pornógrafo, de Restif de la Bretonne, é o estudo crítico e tradução da obra de 1769, parte da Série Idées Singulières (1769-1789). Este estudo é proposto como investigação da vasta quantidade de informação que a obra movimenta, como registro de sua época e como reflexo da autobiografia de seu autor. Restif de la Bretonne utiliza elementos de sua infância na fazenda La Bretonne, sua experiência em Bicêtre, sua própria vida como libertino e suas leituras para compor um projeto de "reforma da prostituição", que apresenta como objetivos o fornecimento de soldados para a França, a proteção da moral camponesa e a proposta de saúde coletiva no controle da sífilis. Como ferramenta para alcançar esses objetivos, Restif de la Bretonne se apropria da teoria fisiocrata e prevê os rendimentos do Partênion (a unidade básica do exercício do comércio sexual, que viria a substituir tanto os bordéis quanto os hospitais) de acordo com a ideia do produtos líquido. Assim, as concepções de população e sua constituição, de práticas de saúde e higiene individual e o controle do acesso ao sexo, ou ainda, o controle do vetor da transmissão de doenças permitem a Restif de la Bretonne a constituição de um indivíduo burguês, antes alijado do espaço libertino. Esse indivíduo, por meio do projeto de reforma, busca ordenar um mundo pré-existente, sem entretanto modificá-lo na essência. A série Idées Singulières, formada por tais projetos, não vai além de 1789, quando a eclosão dos processos revolucionários na França invalidam os projetos de reforma, já que os processos promovem rupturas nas estruturas políticas fundamentais. Restif de la Bretonne não foi um revolucionário, mas um promotor da preservação de valores passados para a construção de um futuro livre da corrupção do presente. Ainda que não seja possível colocar O Pornógrafo e os demais projetos como utopias per se, é possível estabelecer ali uma base utópica consistente, de acordo com a tipologia clássica das utopias como gênero literário

Abstract: The most singular of ideas: O Pornógrafo, by Restif de la Bretonne, is the critical study and translation of his 1769 work and part of the Idées Singulières Series (1769-1789). This study is proposed as an investigation of the vast amount of information moved by his work, as a record of its time and as a reflection of its author's autobiography. Restif de la Bretonne uses elements from his childhood on La Bretonne farm, his experience in Bicêtre, his own life as a libertine and his readings to compose a project of "prostitution reform", which aims to supply soldiers to France, the protection of peasant morals and the collective health proposal for the control of syphilis. As a tool to achieve these goals, Restif de la Bretonne uses the physiocratic theory and predicts the income of the Parthenion (the basic unit for sex trade, which would replace both brothels and hospitals) according to the idea of the net product. Thus, the conceptions of population and their constitution, of individual health and hygiene practices and the control of access to sex, or even then, the control of the vector of disease transmission allow Restif de la Bretonne to constitute a bourgeois individualistic moral, to a class that was banished from the libertine space beforehand. That bourgeois individual, through the reform project, seeks to order a pre-existing world, without however changing it in essence. The Idées Singulières Series, formed by such projects, does not continue beyond 1789, when the outbreak of revolutionary processes in France invalidates the reform projects, considering that the processes promote disruptions in fundamental political structures. Restif de la Bretonne was not a revolutionary; instead, he was a promoter of the preservation of past values aiming to build a future that would be free from the corruption of the present. Although it is not possible to place O Pornógrafo and the other projects as utopias per se, it is possible to establish a consistent utopian basis upon that preliminary work, according to the classic typology of utopias as a literary genre
Subject: Restif de La Bretonne, 1734-1806 - Crítica e interpretação
Prostituição na literatura
Prostituição - Aspectos políticos
Utopias na literatura
Literatura francesa - História e crítica
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: BARBOSA, Danielle dos Santos. A mais singular das ideias: O Pornógrafo, de Restif de la Bretonne (1769). 2020. 1 recurso online ( 301p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Barbosa_DanielleDosSantos_M.pdf3.57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.