Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/348047
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: O último tempo para Italo Svevo : a estrutura da temporalidade na obra sveviana
Title Alternative: L'ultimo tempo per Italo Svevo : la struttura della temporalità nell'opera sveviana
Author: Miotto Muniz Castro, Amanda, 1988-
Advisor: Frungillo, Mario Luiz, 1960-
Abstract: Resumo: O presente trabalho tem por objetivo analisar o decorrer do tempo nas obras de Italo Svevo, no romance Uma vida (Una vita) e dos contos "Curta viagem sentimental" ("Corto viaggio sentimentale") e "O futuro das memórias" ("L¿avvenire dei ricordi"). Italo Svevo, ao nosso ver, manifesta um olhar sobre a centralidade do tempo, não só na constituição dos horizontes de compreensão do real propriamente humano, mas também ao apresentar uma noção mais precisa do vínculo indissolúvel que existe entre temporalidade e escrita literária. O desdobrar de várias categorias conceituais relacionadas a várias dimensões do tempo parece apontar para a manutenção da validade do ponto de vista sobre a relação literatura e sociedade. A estrutura do tempo humano em relação com a do tempo narrativo na obra sveviana modifica-se de uma narrativa para outra, e muda radicalmente no tempo substancial que se interpõe entre Una Vita, trabalhando com grau de emissão de visibilidade nos fragmentos que voltam ao inconsciente e, em particular, nas chamadas "continuações", que, posteriormente, seriam o retorno às memórias, os capítulos de seu romance seguinte, que foi interrompido pela morte do escritor em 1928, e, assim, foram publicados postumamente como contos. No presente trabalho, propomos seguir pistas dessa evolução, primeiro com a inserção de algumas reflexões sobre as normas e as formas de temporalidade na obra de Svevo, para depois delinearmos a perspectiva psicológica por uma visão advinda da teoria literária, como também destacar a transformação da espécie e da estrutura fundamental da definição da identidade humana em geral. A perspectiva psicanalítica é relevante por considerar personagens complexos e com um exame de consciência de grau elevado, no qual podemos ter um olhar sobre o consciente, que aponta para os conflitos do homem moderno em sua relação com o mundo, incluindo a relação homem ¿ sociedade e seus sentimentos egocêntricos

Abstract: This paper aims to analyse the passage of time in Italo Svevo¿s work, in the novel "A life" (Una vita) and the short stories "Short sentimental journey" ("Corto viaggio sentimentale) and "O futuro das lembranças" ("L¿avvenire dei ricordi"). Italo Svevo, in our view, shows a look at the centrality of time, not only at the constitution of the horizon of comprehension about the properly real human, but also presenting a more accurate notion of the indissoluble bond between temporality and literary writing. The development of many conceptual categories related to plenty of time dimensions seems to indicate the validity sustenance of the point of view about the relationship between literature and society. The structure of human time related to narrative time in Svevo¿s work transforms itself from one narrative to another and changes dramatically in substantial time which interposes itself between Una Vita, working with a level of visibility emission in the fragments which return to the unconscious and, specially, in the called "continuations" that, thereafter, would be the return to memories, the chapters from his next novel, which was interrupted by the writer¿s death in 1928, and, thus, was published posthumously as short stories. In this study, we propose to follow the clues from this evolution, first with the insertion of some reflections about the rules and shapes of temporality in Svevo¿s work, in order to delineate the psychological perspective through a literary theoretical view, as well as, highlight the transformation of the species and the fundamental structure of the human identity definition in general. The psychoanalytic perspective is relevant due to consider complex characters with a high level of consciousness inspection, in which we can have a look at unconscious, which point to modern man¿s conflicts related to the world, including the relationship man- society and his egocentric feelings
Subject: Svevo, Italo, 1861-1928 - Crítica e interpretação
Tempo na literatura
Memória na literatura
Narrativa (Retórica)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MIOTTO MUNIZ CASTRO, Amanda. O último tempo para Italo Svevo : a estrutura da temporalidade na obra sveviana. 2020. 1 recurso online ( 109 p.) Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, SP.
Date Issue: 2020
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Muniz_AmandaMiotto_M.pdf1.42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.