Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/347966
Type: Artigo
Title: Perfil de prescrições e uso de antibióticos em infecções comunitárias
Title Alternative: Prescription patterns and antibiotic use in community-based infections
Author: Del Fiol, Fernando de Sá
Lopes, Luciane Cruz
Toledo, Maria Inês de
Barberato-Filho, Silvio
Abstract: O objetivo deste estudo foi conhecer os padrões de utilização de antibióticos no município de Sorocaba, avaliando o diagnóstico referido, a terapêutica empregada e sua utilização. Utilizou-se um instrumento de avaliação aplicado por 12 meses em usuários de antibióticos. Foram coletados dados de 403 usuários e referiram-se à: informações sociodemográficas e de saúde, diagnóstico e terapêutica. Encontrou-se grande utilização e a maior utilização prévia na faixa etária de 0-10 anos (p<0,05). As infecções com envolvimento pulmonar foram as mais citadas (p<0,05) e as penicilinas, os fármacos mais utilizados, presentes em 45,1% das prescrições. Tempo médio de terapêutica (8,9 dias) esteve abaixo do preconizado para otites. Em sinusites, 22% das prescrições não orientaram para o uso recomendado (10 dias). A inexistência e não utilização de protocolos terapêuticos têm resultado em grande diferença nos padrões de prescrição, levando a insucesso terapêutico e recidiva de infecções - situações frequentemente encontradas neste estudo
metadata.dc.description.abstractalternative: The aim of this study was to find out about the patterns of antibiotic use in the municipality of Sorocaba, through evaluating the reported diagnosis and the therapy used. An evaluation tool was applied among antibiotic users over a 12-month period. Sociodemographic data and information relating to health, diagnosis and therapeutics were gathered in relation to 403 users. Great present use and the greatest previous use was found in the 0-10 year-old age group (p < 0.05). Infections with lung involvement were the ones most mentioned (p < 0.05) and penicillins were the drugs most used, present in 45.1% of the prescriptions. The mean duration of therapy for otitis (8.9 days) was below the recommendation. For sinusitis, 22% of the prescriptions did not give guidance regarding recommended use (10 days). The lack and/or nonuse of therapeutic protocols resulted in great differences in prescription patterns, thereby leading to therapeutic failure and recurrence of infections, which were situations frequently found in this study
Subject: Antibióticos
Infecções bacterianas
Farmacorresistência bacteriana
Country: Brasil
Editor: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical
Rights: Aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0037-86822010000100015
Address: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0037-86822010000100015
Date Issue: 2010
Appears in Collections:FCM - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0037-86822010000100015.pdf211.02 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.