Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/347906
Type: Artigo
Title: A controlled clinical trial on the effects of exercise on neuropsychiatric disorders and instrumental activities in women with Alzheimer's disease
Title Alternative: Efeitos do exercício físico sobre distúrbios neuropsiquiátricos e atividades instrumentais da vida diária em mulheres com doença de Alzheimer: um ensaio clínico controlado
Author: Nascimento, Carla M. C.
Teixeira, Camila V. L.
Gobbi, Lilian T. B.
Gobbi, Sebastião
Stella, Florindo
Abstract: To analyze the influence of a six-month exercise program on neuropsychiatric disorders and on the performance of instrumental activities in elderly patients with Alzheimer's disease (AD). he study included 20 patients with AD in the mild to moderate stages of the Clinical Dementia Rating (CDR) divided into two groups: the experimental group, composed of 10 women who participated in the six-month exercise program, and the control group, composed of the 10 remaining AD patients who did not take part in an exercise program during the same period. All participants were evaluated using the Mini-Mental State Exam for global cognitive function, the Neuropsychiatric Inventory Questionnaire for neuropsychiatric disorders, and the Pfeffer Functional Activities Questionnaire for the degree of functional impairment. The control group showed functional and neuropsychiatric deterioration in the comparisons between pre- and post-intervention times and between groups.The experimental group showed a propensity for less deterioration in neuropsychiatric disorders and performance of instrumental activities compared to the sedentary group. Trial registration RBR-4qzm6s.
metadata.dc.description.abstractalternative: Analisar os efeitos de seis meses de intervenção de um programa de atividade física sobre os distúrbios neuropsiquiátricos e o desempenho nas atividades instrumentais da vida diária de idosos com Doença de Alzheimer (DA). Foram recrutados 20 pacientes nos estágios entre leve e moderado da DA. Segundo o escore clínico de demência (CDR), foram distribuídos em dois grupos: o grupo treinamento (GT), composto por dez mulheres que participaram de um program de exercícios físicos por um período de seis meses, e o grupo controle (GC), composto por dez outras participantes que não realizaram nenhum tipo de intervenção motora estruturada durante o mesmo período. Todas as participantes foram avaliadas por meio do Miniexame do Estado Mental, para obtenção da caracterização cognitiva; Inventário Neuropsiquiátrico, para identificação dos distúrbios neuropsiquiátricos mais prevalentes e Questionário de Atividades Instrumentais de Pfeffer, para verificação do grau de comprometimento funcional. Os participantes do GC mostraram uma deterioração tanto no desempenho das atividades instrumentais quanto na intensificação dos distúrbios neuropsiquiátricos, quando comparados os momentos pré e pós-intervenção. O GT demonstrou uma atenuação da intensificação dos distúrbios neuropsiquiátricos e do desempenho funcional em relação ao grupo sedentário. Ensaio clínico RBR-4qzm6s
Subject: Doença de Alzheimer
Fisioterapia
Country: Brasil
Editor: Elsevier
Rights: Aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1413-35552012005000017
Address: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-35552012000300005
Date Issue: 2012
Appears in Collections:FCM - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.