Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/347448
Type: Artigo
Title: A ruralidade como condicionante da adoção de soluções de saneamento básico
Title Alternative: Rurality as a conditioner of basic sanitation solutions
Author: Roland, Nathalia
Tribst, Clarissa de Castro Lima
Senna, Diego Augustus
Santos, Mariana Rodrigues Ribeiro dos
Rezende, Sonaly
Abstract: A definição de rural é estratégica para a formulação e a implementação de políticas públicas, contribuindo para o alcance de maior efetividade nas ações direcionadas para as populações rurais. Com o objetivo de compreender a relação existente entre a ruralidade e o acesso às soluções sanitárias existentes em comunidades rurais brasileiras, o presente artigo apresenta análises estatísticas descritivas utilizando o novo conceito de rural adotado pelo Programa Nacional de Saneamento Rural e análises qualitativas provenientes de estudos de caso no semiárido nordestino. Os resultados apontam a inter-relação existente entre diferentes ruralidades e as condições de acesso aos serviços de saneamento, influenciadas por aspectos demográficos (proximidade das áreas urbanas, densidade populacional, distribuição espacial dos domicílios), sociais (organização em associações comunitárias), ambientais (qualidade da água disponível) e culturais (resistência ao cloro e prática da defecação a céu aberto)
metadata.dc.description.abstractalternative: The definition of rural is strategic for the formulation and implementation of public policies, contributing to the achievement of greater effectiveness in actions directed to rural populations. In order to understand the relationship between rurality and access to sanitary solutions in rural Brazilian communities, this article presents descriptive statistical analysis using the new concept of rural adopted by the National Rural Sanitation Program and qualitative analyzes from case studies in the semi-arid northeastern region. The results point to the interrelationship between different ruralities and the conditions of access to sanitation services, influenced by demographic (proximity to urban areas, population density, spatial distribution of households), social (organization in community associations), environmental (water quality) and cultural aspects (resistance to chlorine and practice of open defecation)
Subject: Políticas públicas
Saneamento rural
Country: Brasil
Editor: Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo
Rights: Aberto
Identifier DOI: 10.4322/dae.2019.053
Address: http://revistadae.com.br/site/artigos/220
Date Issue: 2019
Appears in Collections:FEC - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
104322dae2019053.pdf295.87 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.