Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/347302
Type: Artigo
Title: Perfil da produção artesanal na região de montanha em Alagoa, no sul de Minas Gerais
Title Alternative: Profile of artisanal production in the mountain region of Alagoa, in the south Minas Gerais
Author: Santos, Gabriele Medeiros dos
Bergamasco, Sonia Maria Pereira Pessoa
Diniz, Fábio Homero
Seabra, Júlio César Fleming
Matos, João Paulo Coutinho de
Vicentini, Nívea Maria
Pires, Maria de Fátima Ávila
Abstract: O artigo apresenta o perfil dos produtores do queijo artesanal, em Alagoa, Sul de Minas Gerais. O município está localizado em região montanhosa, produtora de queijo artesanal com características próprias, principal produto gerador de renda para os produtores. Os dados foram obtidos por questionário elaborado pelo MDA (atual Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário) e aplicado pelo técnico local da Emater-MG. Os resultados mostraram que a maioria dos produtores são homens, de baixa escolaridade com acesso a recursos do PRONAF. Utilizam água de nascentes e descartam o esgoto no curso d’água. O lixo é enterrado ou queimado. Não praticam conservação do solo e da água, apesar da baixa presença de erosão e do pouco uso de agrotóxicos. Os fertilizantes orgânicos e químicos (esterco animal e NPK, respectivamente) são amplamente utilizados nas pastagens, sendo a maior área de Brachiaria. A ordenha é mecânica com produção entre 100 e 300 litros (UP/dia) de leite que é beneficiado na propriedade para a fabricação do queijo artesanal. O produto não tem acesso regular ao mercado e é vendido a intermediários devido às dificuldades que os produtores encontram em função da falta de legalização do produto, selo de inspeção e baixo preço de venda.
metadata.dc.description.abstractalternative: The article presents the profile of artisan cheese producers in Alagoa, Southern Minas Gerais. The municipality is located in a mountainous region, producing handmade cheese with its own characteristics, the main income generating product for the producers. The data were obtained through a questionnaire prepared by the MDA (current Special Secretariat of Family Agriculture and Agrarian Development) and applied by the local Emater-MG technician. The results showed that most of the producers are men, of low schooling with access to PRONAF resources. They use water from springs and discard the sewage in the water course. The garbage is buried or burned. They do not practice soil and water conservation, despite the low presence of erosion and the low use of agrochemicals. Organic and chemical fertilizers (animal manure and NPK, respectively) are widely used in pastures, being the largest area of Brachiaria. The milking is mechanical with production between 100 and 300 liters (UP / day) of milk that is benefited in the property for the manufacture of the artisanal cheese. The product does not have regular access to the market and is sold to intermediaries due to the difficulties that the producers find due to the lack of legalization of the product, seal of inspection, low sale price.
Subject: Sustentabilidade
Leite - Produção
Country: Brasil
Editor: UFJF/Programa de Pós-Graduação em Geografia
Rights: Aberto
Identifier DOI: 10.34019/2236-837X.2018.v8.18097
Address: https://periodicos.ufjf.br/index.php/geografia/article/view/18097
Date Issue: 2018
Appears in Collections:FEAGRI - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
10340192236837X2018v818097.pdf668.34 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.