Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/346798
Type: Artigo
Title: Ocupação de vazio urbano como promotor do planejamento para cidade saudável
Title Alternative: Ocuppation of urban voidsas promoter for the healthy city planning
Author: Sperandio, Ana Maria Girotti
Francisco Filho, Lauro Luiz
Favero, Edison
Ribeiro, Marialva Motta
Manfrinato, Thaís
Abstract: O presente artigo tem a finalidade de apresentar e discutiros resultados obtidos em um projeto piloto de pesquisa de campo, na cidade de Conchal-SP. Este projeto teve como objetivo apontar aspectos da ocupação do vazio urbano por meio de uma horta comunitária, considerando os princípios do Estatuto da Cidade, da Promoção da Saúde e do Planejamento Urbano Saudável. Como metodologia utilizou-se de um estudo de caso, compreendendo pesquisa bibliográfica e documental, a aplicação do instrumento de Pesquisa de Pós Ocupação Walkthroughe da história oral dos participantes. A horta comunitária mostrou-se como uma ferramenta eficiente, embora não única para a ocupação de vazios urbanos na concepção do saudável, pois permitiu restabelecer as relações intrínsecas no território, que são fundamentais para o estabelecimento da função social da propriedade pública, possibilitando a participação social, a intersetorialidade e potencializando a governança local, o que favorece o sentimento de lugar confortável, sem perturbações e gera o prazer (topofilia), propiciando ideias e coletividade resilientes para a elaboração e implantação de projetos que contemplem o planejamento urbano para a cidades saudáveis
metadata.dc.description.abstractalternative: This paper has the purpose of presenting and discussing the results obtained in a field research pilot project in the city of Conchal-S.. It had the objective of pointing out occupation aspects of urban void by means of a communitarian vegetable Garden, considering the principles of the City and Healthy Urban Planning Statute. A case study was used as methodology, encompassing both literature and document research, the use of a Post-Occupation Research Walkthrough tool and oral history of the participants. The communitarian vegetable garden was considered an efficient tool, albeit not the only one, for the occupation of urban voids in the healthy concept, since it allowed the reestablishment of intrinsic relationships in the area. These relationships are pivotalfor establishing the social function of the public property, enabling social participation and intersectorialization, as well as leveraging local governance, which favors the feeling of a comfortable place, without disturbances, generating pleasure (topophilia), fostering resilient ideas and collectiveness for developing and implementing projects contemplating the urban planning of healthy cities
Subject: Planejamento urbano
Country: Brasil
Editor: UNICAMP/FEC
Rights: Aberto
Identifier DOI: 10.20396/parc.v6i3.8635018
Address: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/parc/article/view/8635018
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FEC - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
8635018.pdf958.38 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.